AM amplia cobertura vacinal, mas sarampo avança

O Amazonas tem cobertura de 40,32% da vacinação de poliomielite e de 69,51% do sarampo segundo o MS, mas a capital já registrou mais 39 casos confirmados de sarampo

Da Redação com Assessorias

Manaus – Balanço divulgado, nesta segunda-feira (20), pelo Ministério da Saúde atribui o Amazonas cobertura vacinal de 40,32% da poliomielite com 122,9 mil doses aplicadas e de 69,51% do sarampo, com 211,9 mil doses aplicadas, no Dia D da Campanha Nacional de Vacinação realizado, no último sábado (18). Porém, segundo o 24º Informativo Epidemiológico de Monitoramento dos Casos de Sarampo, divulgado ontem, Manaus tem 762 casos confirmados da doença, sendo 39 a mais do que os registrados há uma semana.

Ao todo, Manaus tem 6,4 mil casos de sarampo confirmados. (Foto: Divulgação/Semsa)

A Campanha Nacional Contra a Poliomielite e Sarampo atingiu a metade do público-alvo, com a vacinação de 51% das crianças de um ano a menores de cinco em todo o País. No total, mais de 11,4 milhões de doses das vacinas contra a pólio e sarampo (cerca de 5,7 milhões de cada) foram aplicadas até ontem. A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças independente da situação vacinal delas e criar uma barreira sanitária de proteção da população brasileira.

Entre os Estados com melhor cobertura vacinal neste momento, estão: Rondônia, com 85,03% para a pólio e 83,45% para o sarampo, seguido por Amapá com 76,15% pólio e 75,96% sarampo.

Entre as coberturas mais baixas, destacam-se o Rio de Janeiro, com 29,49% do público-alvo vacinado para pólio e 31,33% para sarampo e o Estado do Pará, que tem 33,60% de cobertura da pólio e 33,59% para o sarampo.

Sarampo

Ao todo, a capital amazonense tem 6.423 notificações de sarampo, o que inclui, além dos 762 casos confirmados, 5.365 casos suspeitos (aguardando resultado laboratorial) e 296 casos descartados após investigação.

As ações de imunização contra o sarampo, em Manaus, já registraram a aplicação de 204.837 doses na campanha direcionada para crianças de seis meses até cinco anos, e 349.045 doses em ações de rotina nas Unidades de Saúde, de intensificação, varredura e bloqueio vacinal.

De acordo com o Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), somente no mês de julho, quando foi iniciada a segunda etapa do Plano de Contingência do Combate ao Sarampo, foram aplicadas 162.931 doses de vacina, 130.265 a mais do que o registrado, em junho.

O Distrito de Saúde (Disa) Norte ainda registra o maior número de notificações, com um total de 2.353 casos notificados (36,6%). O Disa Leste apresenta 2.158 notificações (33,6%), Disa Sul, 1.005 (15,6%), Disa Oeste, 820 (12,8%) e Disa Rural, 87 (1,4%).