Ano letivo começa para 458 mil alunos no AM

Da Redação / portal@d24am.com

Manaus – Começa o ano letivo na rede pública para 458 mil estudantes. Nas escolas estaduais de Manaus, são 216,8 mil alunos, além de outros 233 mil da rede municipal, que ainda tem 9,1 mil com uma reserva de vaga, mas que estão pendentes com a documentação necessária a ser entregue nesta segunda-feira.

Na capital amazonense, são 230 escolas estaduais. A rede pública de ensino do Estado ainda tem outras 364 unidades nos 61 municípios do interior, com 185 mil alunos matriculados. Hoje, será inaugurado o primeiro Centro de Educação de Tempo Integral (CETI) no município de Borba (distante 215 quilômetros de Manaus).

Na rede municipal, o ano letivo oficialmente começou na sexta-feira, com a solenidade de abertura realizada na Escola Municipal Sílvia Helena Bonetti, no bairro Lago Azul, zona norte, onde foram apresentadas as novas metas educacionais para este ano. Ainda na sexta-feira começaram as aulas para os alunos do Ensino Fundamental e hoje começam as aulas para a Educação Infantil.

Segundo o prefeito Arthur Virgílio Neto, o foco continuará sendo a melhoria da posição de Manaus no exame que mede o Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb). A meta é saltar de 5,4 para 6,2 a nota referente aos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) e avançar de 4,3 para 4,9 nos Anos Finais (6º ao 9º ano).

“Queremos melhorar em 15% em relação ao ano de 2015, quando foi feita a última avaliação. Sempre que Manaus sobe no Ideb, temos a certeza de estarmos avançando nas nossas políticas educacionais, pois o exame reflete a qualidade do ensino oferecido em nossas escolas”, destacou Arthur Neto.

O prefeito também anunciou a inauguração de mais três novas creches para este ano, já com mais de 60% das obras concluídas, além da realização de concurso público para contratação de 400 professores. “Manaus se preparou e enfrentou os anos mais agudos da crise econômica mantendo seus investimentos e alcançando resultados muito positivos. Agora queremos avançar ainda mais e garantir uma educação de excelência para nossos alunos”, reforçou.

Outro objetivo estabelecido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para este ano é alfabetizar 95% dos alunos da rede.

Concurso público

A Semed espera lançar o edital para concurso público com 400 vagas antes do final do primeiro semestre deste ano. Serão 326 vagas para escolas da zona urbana e 74 para a zona rural.