APP de táxi parte para concorrência de transporte por aplicativo, em Manaus

O aplicativo Unitaxi começou a operar há um mês com carros com wi-fi grátis e valores tabelados. Taxistas registram aumento da procura por corridas e maior demanda de clientes

Sofia Lorrane / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Ameaçados pela concorrência e buscando disputar com os aplicativos de mobilidade urbana de empresas como Uber, Cabify e 99 Pop, motoristas de táxis da capital amazonense buscam inovação. Nesta sexta-feira (2), o aplicativo Unitaxi completa um mês de funcionamento na capital, sendo utilizado por empresas de táxis amazonenses. Os taxistas passaram a apostar no serviço por aplicativo após a ameaça de perda de mercado e aprovação do Projeto de Lei que regulamenta os aplicativos de transporte privado de passageiros, nesta quarta-feira (28), em Brasília.

Mais de mil motoristas estão cadastrados no Unitaxi. (Foto: Reinaldo Okita)

Em Manaus, o aplicativo é operacionalizado pelas empresas Tucuxi Rádio Táxi, Manauara Táxi, Cidade Nova Rádio Táxi e Tocantins Rádio Táxi. Mais de mil motoristas estão cadastrados no Unitaxi. Entre os diferenciais do serviço, segundo taxistas, estão carros com monitoramento via GPS, além de fornecimento de dados completos sobre os motoristas para oferecer segurança aos usuários.

De acordo com o vice-presidente da Tucuxi Rádio Táxi, José Augusto, o APP veio para concorrer com os aplicativos de mobilidade urbana que vem crescendo atualmente. “É mais uma opção para a população manauara. Todas as corridas têm os valores tabelados e o cliente ainda pode fazer uma avaliação. A maioria dos carros também possui wifi grátis e demais serviços para melhor atender os clientes”, disse.

O responsável pela divulgação do aplicativo da empresa Cidade Nova Rádio Táxi, França Martins, afirma que todos os motoristas do aplicativo Unitaxi passaram por capacitação para melhorar o atendimento ao público. “A quantidade de corridas está crescendo, estamos fazendo trabalhos de mídias e é um apoio a mais para a rádio taxi. Os taxistas passaram por um treinamento diferenciado para poderem começar a trabalhar. Estamos procurando melhorar sempre”, explicou.

Projeto de lei

A disputa entre taxistas e motoristas particulares para regulamentação de serviços de transporte com aplicativos teve seu desfecho na noite da última quarta-feira. A aprovação do projeto que regulamenta os aplicativos de mobilidade urbana foi uma vitória para as empresas que administram os aplicativos e uma derrota para os taxistas. Há quatro meses, o Senado aprovou uma versão com mudanças que favorecem as empresas que exploram os aplicativos.

A obrigatoriedade do uso de placas vermelhas, a imposição de que apenas o dono do veículo poderia dirigi-lo e a restrição de circulação apenas na cidade onde o carro é registrado haviam sido derrubadas pelos senadores e foram aprovadas em votação simbólica na Câmara. Pelo projeto aprovado, o veículo utilizado no serviço terá de atender entre outros requisitos os de idade máxima e as características exigidas pela autoridade de trânsito e pelo poder municipal.

Aplicativo 100% amazonense

Nesta quinta-feira (1), foi lançado mais um aplicativo de mobilidade urbana, o Viabee, que é 100% amazonense. O Viabee oferece serviços como carros com internet 4G, descontos de até 10% na primeira viagem e sorteios para os usuários do aplicativo. O APP trabalha apenas com motoristas credenciados e sem antecedentes criminais. O app também não utiliza tarifa dinâmica, ou seja, a viagem não fica mais cara para o usuário se estiver chovendo ou se for um feriado, por exemplo. O aplicativo também disponibiliza agendamentos de viagens com até 24h de antecedência.