Inep divulga gabaritos do Enem 2018; confira

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os resultados individuais do Enem serão divulgados em janeiro

Com informações da Agência Brasil / redacao@diarioam.com.br

Brasília – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, na manhã desta quarta-feira (14), os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018), cujas provas foram aplicadas nos dias 4 e 11 deste mês. Confira os gabaritos, abaixo. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os resultados individuais do Enem serão divulgados no dia 18 de janeiro de 2019.

Além dos gabaritos, o Inep também divulgou os cadernos de questões. Os resultados individuais do Enem serão divulgados no dia 18 de janeiro.

Mesmo com o gabarito, os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram, porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da teoria de resposta ao item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada questão. O valor varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Assim, se a questão tiver grande número de acertos será considerada fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar um item com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por ele. Dessa forma, o candidato só saberá a sua nota nas provas objetivas após a divulgação do resultado final, em janeiro.

Na última segunda-feira (12), o Inep anulou uma das questões da prova de matemática por já ter sido usada em um vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2013, descumprindo os requisitos de ineditismo e sigilo do exame. A autarquia instaurou sindicância para apurar responsabilidades.

O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro a mais de 4 milhões de estudantes em todo o País. No primeiro domingo, os estudantes fizeram provas de linguagem, ciências humanas e redação. No segundo domingo, fizeram provas de ciências da natureza e matemática.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).