Inscrições para o Bolsa Universidade têm início

O edital oferece 28.329 bolsas integrais (100%) e parciais (75% e 50%) em cursos de graduação para estudantes de baixa renda

Da redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – As inscrições para o processo seletivo do Programa Bolsa Universidade (PBU), da Prefeitura de Manaus, para acesso em 2019, começaram às 8h desta segunda-feira (12). Os interessados devem acessar o site da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, até as 9h do dia 26 deste mês. Lançado na última sexta-feira (9), pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o edital oferece 28.329 bolsas integrais (100%) e parciais (75% e 50%) em cursos de graduação para estudantes de baixa renda. O Programa é coordenado pela Espi, vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Os interessados devem acessar o site da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Foto: Divulgação)

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ser brasileiro, nato ou naturalizado, residente em Manaus, com renda familiar per capita (por pessoa da família) não excedente a um salário mínimo e meio, e estar regularmente matriculado ou apto a se matricular em uma das instituições de ensino superior (IES) parceiras do Programa.

O candidato também deve ter ensino médio completo ou equivalente (ou concluir até o dia 31/12/2018) e não possuir diploma de curso superior ou estar matriculado em IES pública. Além disso, não podem participar beneficiários de programa de graduação mantido pelo poder público ou pela iniciativa privada.

Nesta edição, 14 IES se credenciaram para a oferta de bolsas: Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa), Centro Universitário Fametro, Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau), Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam), Faculdade Boas Novas (FBN), Faculdade Martha Falcão Wyden, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Faculdade Santa Teresa, Fucapi, Instituto Amazônia de Ensino Superior (IAES), Materdei, Uninorte Laureate, Universidade Estácio de Sá e Universidade Nilton Lins.