Incêndio destrói três casas de madeira e famílias ficam desabrigadas

Uma das moradoras estava com os filhos e conseguiu sair do imóvel com eles antes do fogo se espalhar, conforme os bombeiros. O líder comunitário do bairro pede doações para famílias desabrigadas

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um incêndio destruiu uma vila com três casas de madeira, na tarde desta sexta-feira (25), na Rua Carlos Nelson, bairro Coroado, zona leste de Manaus. Uma das moradoras estava com os filhos de 5, 7 e 10 anos, e conseguiu sair do imóvel com eles antes do fogo se espalhar, conforme informações do tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Sulemar Barroso.

Houve perda total e três famílias estão desabrigadas. Segundo o tenente coronel dos bombeiros, o incêndio começou na primeira estância, que ficava na parte de trás do imóvel, e se espalhou para os outros cômodos. “O medo era que as chamas se espalhassem para as outras casas do lado. Conseguimos conter, infelizmente teve perda total, mas todos saíram vivos”, disse.

A estudante de enfermagem Cristiane Aires, 28, comentou que estava com os filhos de 4, 7 e 9 anos em casa, quando sentiu o forte cheiro de fumaça. “Foi muito rápido. Não deu mais que dez minutos e estava tudo pegando fogo. Perderam tudo”, comentou.

Segundo o tenente coronel Sulemar, vizinhos disseram que viram o morador da casa onde o fogo iniciou, entrar e sair do imóvel rapidamente. “A suspeita inicial é que o proprietário tenha saído e na pressa deixou alguma coisa ligada que causou o incêndio”, disse.

A rua onde aconteceu o incêndio está sem energia elétrica.

Moradores pedem ajuda

O líder comunitário do bairro Coroado, Francisco Ribeiro, comentou que cerca de dez pessoas, entre crianças de 4 a 10 anos, e adultos, moravam nos três quartos da vila que pegaram fogo, e estão sem nada. Eletroeletrônicos, eletrodomésticos e roupas foram consumidos pelo fogo.

O líder comunitário pediu ajuda para quem puder doar algum item para as três famílias, como roupas, calçados, alimentos e material para construir os quartos. Qualquer pessoa que queria contribuir, pode entrar em contato pelos números (92) 99447-5806/ 99998-5209.