Alerta estima segunda maior cheia histórica do Rio Negro em 2017, aponta CPRM

Com base na série histórica, a cheia máxima pode ter alcance de 29.95 metros até junho deste ano, uma cheia considerada pelo CPRM extrema

Gisele Rodrigues / portal@d24am.com

Foto: Sandro Pereira

Manaus – O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou, nesta sexta-feira (31), o primeiro alerta de cheia do Rio Negro, que, segundo o órgão, deve ser a segunda maior cheia histórica, superando a de 2009.

De acordo com as informações do CPRM, o primeiro alerta estima, com base na série histórica, que a cheia máxima alcance 29.95 metros até junho deste ano, uma cheia considerada pelo CPRM extrema. A cota máxima prevista para este ano é 2,41 metros maior que a cheia do Rio Negro em 2016.

Nesta manhã, no Porto Privatizado de Manaus, o rio Negro, estava 40 centímetros abaixo do nível registrado na mesma data de 2012, ano da cheia recorde.

Comentários via Facebook