Prefeitura abre programação do Dia da Árvore com plantio no Viver Melhor 3

Foto: Divulgação/ Alex Pazuello

Com informações de assessoria / portal@d24am.com

Manaus – A partir desta quinta-feira (16), Manaus terá uma série de ações ambientais voltadas para comemoração do Dia da Árvore na Amazônia (21 de março). O lançamento da programação foi marcado com o plantio de mil mudas no Conjunto Viver Melhor 3, no bairro Monte das Oliveiras, zona norte.

“Toda a programação comemorativa se soma às demais atividades desenvolvidas pela prefeitura para alcançarmos a meta de 25 mil mudas plantadas na capital até o final deste ano”, destacou o prefeito em exercício Marcos Rotta, que plantou uma muda de Jatobá durante a abertura.

O Conjunto Viver Melhor 3 foi escolhido porque tem dois mil apartamentos com, aproximadamente, oito mil habitantes. As mudas foram plantadas em trechos de áreas verdes degradadas do conjunto, uma das quais foi alvo recente de uma tentativa de invasão, além de canteiros centrais e trechos de área de convívio entre os blocos. A ação surtirá efeito positivo e de grande impacto na melhoria da qualidade de vida dos moradores.

Desde o ano passado, a prefeitura intensificou a arborização da capital amazonense com o programa ‘Arboriza Manaus’, mudando a paisagem da cidade e contribuindo de forma efetiva para a melhoria da qualidade do ar, ao introduzir a arborização no contexto urbano.

“Estamos dando um grande passo para fazer de Manaus a capital do verde. Esse é um projeto do prefeito Arthur Virgílio Neto, sempre preocupado com o meio ambiente e com a qualidade de vida da população”, completou Rotta.

O programa de arborização desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) já conseguiu alcançar a marca de 15.589 árvores efetivamente plantadas e em crescimento na cidade.

Outro aspecto positivo já observado é a redução do índice de perdas das mudas por conta do vandalismo – de 70% para 30% – o que  é um indicativo de que o cidadão já reconhece a importância da arborização.

“Precisamos obter dados concretos acerca desse processo, já que estamos desenvolvendo uma ação concreta mitigadora que terá a médio e longo prazo um efeito sobre a questão da sensação térmica na cidade com a redução das ilhas de calor”, explicou o secretário da Semmas, Antonio Nelson, lembrando que o envolvimento comunitário com a formação de agentes ambientais voluntários é um dos principais fatores para o êxito desse trabalho.

Programação

No próximo dia 21, às 9h, haverá um pedágio ambiental para distribuição de mil mudas frutíferas na Bola do Produtor, na zona leste. À tarde, às 15h, o ponto alto será a realização de outro plantio de mudas de árvores, desta vez, num trecho degradado de área verde do Conjunto Castelo Branco, no Parque Dez, zona centro-sul, onde a Semmas está implantando mais um Parque da Juventude.

Serão plantadas 300 mudas de espécies variadas, como açaí, pupunha, biribá, acerola, cacau, cupuaçu, que servirão de atração para a fauna (principalmente as aves) e possibilitarão o aumento da cobertura vegetal da aquela área do Parque Dez, além de beneficiar os moradores. No Castelo Branco já foram plantadas 163 mudas arbóreas no entorno das pistas de caminhada e da futura academia ao ar livre, que fará parte do complexo do Parque.

No dia 23, às 9h, no Parque Municipal Lagoa Senador Arthur Virgílio Filho, no Japiim, zona Sul, acontecerá o lançamento da edição revisada da cartilha do Plano Diretor de Arborização Urbana de Manaus, juntamente com a abertura do minicurso sobre Noções Básicas de Produção de Mudas, que terá dois dias de duração. E, no sábado, 25, a programação será encerrada com a realização da Hora do Planeta, em parceria com a WWF, também no Parque Lagoa.

Vale destacar, ainda, que, no 22, também se comemora o Dia Mundial da Água e a Semmas está planejando uma ação de conscientização no Parque Nascentes do Mindu, entre outras atividades.