Proprietário de restaurante é preso suspeito de estupro de filha de funcionária

Foto: Reinaldo Okita

Da Redação / portal@d24am.com

Manaus – Um proprietário de um restaurante, 49, foi preso, na noite de sexta-feira (18), por estupro de vulnerável ao tentar obrigar a filha de uma funcionária do estabelecimento, uma adolescente de 13 anos, a ter relações sexuais com ele. A prisão ocorreu no bairro Distrito Industrial, na zona sul da capital.

De acordo com a delegada plantonista da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Laura Câmara, a adolescente estava indo para a casa de uma amiga quando foi abordada pelo homem, que obrigou ela a entrar no veículo para manter relações sexuais com ele. Ele também teria oferecido dinheiro para a jovem entrar no carro, segundo a polícia.

Segundo a delegada, a esposa do proprietário, desconfiou do comportamento do marido e seguiu o homem quando ele saiu de casa. No local, ela flagrou o homem em cima da adolescente, que estava despida, dentro do veículo dele. Em seguida, ela acionou a polícia e a equipe da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizou a prisão do homem.

Ainda segundo a polícia, a mulher também suspeitava do comportamento do homem quando ele estava perto do adolescente. A funcionária, mãe da vítima, trabalhava no local há cerca de três meses.

Na Depca, a adolescente negou qualquer envolvimento com o homem e ele foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos na delegacia, ele será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde ficará à disposição da Justiça.