Sobrevivente de queda de avião tem estado de saúde grave e instável

Homem está internado na UTI do João Lúcio, onde foi submetido a uma cirurgia para conter o sangramento no abdômen e na cabeça

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O estado de saúde de Fábio Matias da Cunha, 47, é considerado grave e instável hemodinamicamente (pressão arterial instável), conforme divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), no fim da manhã desta sexta-feira (23). Fábio é o único sobrevivente do avião que caiu em Manaus, nesta quinta-feira (22). O acidente deixou quatro mortos.

O avião de pequeno porte caiu nas proximidades da Av. Torquato Tapajós, em Manaus (Foto: Divulgação/ Édria Caroline)

O homem está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Pronto Socorro Doutor João Lúcio, onde foi submetido a uma cirurgia para conter o sangramento no abdômen e na cabeça.

Um outro sobrevivente do acidente, Valdir Ademir Cestrans, morreu no início da tarde desta quinta-feira. Quando chegou ao hospital, ele teve uma parada cardíaca, foi reanimado e levado para o centro cirúrgico. No entanto, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu durante o procedimento.

Leia também: Corpo de copiloto vítima de queda de avião será enterrado no Tarumã 

O corpo do piloto Robson Rodrigues Castilho será enterrado no município de Nova Olinda do Norte, onde morava parte da família dele. Os corpos dos empresários Osni dos Santos e de Waldir Aldenir Cestrans serão levados para o Estado de Santa Catarina. O corpo do copiloto José Hernandes de Lima Rogério, 38, será enterrado no Cemitério Parque Tarumã, na tarde desta sexta-feira (23).

Acidente

Quatro pessoas morreram, sendo três na hora do acidente e uma no hospital após a queda de um monomotor modelo EMB-720D com capacidade para seis pessoas, na manhã desta quinta-feira (22), em uma área de mata no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus. O avião estava indo em direção ao município de Borba (a 151 quilômetros a Sul de Manaus).

Segundo informações do operador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Flávio Cavalcante, a queda da aeronave aconteceu por volta das 9h30. “Um piloto que estava no aeroclube à espera dessa aeronave nos acionou dizendo que ela havia caído nas proximidades”, informou.

Equipes do Corpo de Bombeiros chegaram minutos depois da queda do monomotor e realizaram os regastes das duas vítimas junto com equipes do Samu. Os dois sobreviventes foram encaminhados ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.