Tempo de 30 segundos para passar nas catracas inicia nesta segunda-feira

A medida foi adotada depois que um equipamento estava queimando por aquecimento devido ao longo tempo acionado e aumentando consideravelmente o recolhimento de ônibus para reparos

Sistema tem tempo de entrada (Foto: Reinaldo Okita)

Manaus – A medida que estabelece o tempo de passagem de 30 segundos nas catracas dos ônibus do transporte público de Manaus, para usuários dos cartões Passafácil, começa a valer a partir de hoje. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que os usuários dos cartões não serão afetados.

A medida foi adotada depois que um equipamento chamado solenoide, dispositivo que fica dentro da catraca, estava queimando por aquecimento devido ao longo tempo acionado e aumentando consideravelmente o recolhimento de ônibus para reparos.

“Não haverá problema com o pagamento de nova tarifa, como está sendo espalhado para a população. O usuário só encosta o cartão no momento em que ele vai passar na catraca. O tempo que ele usa para passar, depois que ele faz a liberação, não demora 10 segundos. Fizemos estudos e detectamos que 30 segundos é tempo suficiente”, destaca o diretor da ACOP/Sinetram, Azarias Carvalho.

Foram feitos testes no laboratório da Dataprom, responsável pelo sistema de bilhetagem, e depois em ônibus das empresas Vega e Expresso Coroado, que já estão operando neste modo há várias semanas sem problemas, segundo o Sinetram.

O Sinetram esclareceu, ainda, que todos os cobradores foram orientados a ajudar os usuários, para evitar maiores transtornos.