No Amazonas, mais de 212 mil devem fazer Enem neste fim de semana

Da Redação

Manaus – As linhas de ônibus de Manaus receberão reforço, neste sábado e domingo (05 e 06), em função da realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), segundo informações da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). No Amazonas, os 212.656 estudantes inscritos no exame devem ficar atentos ao horário de abertura e fechamento dos portões. No Estado, os portões abrem às 10h e fecham às 11h (horário local). As provas começam 30 minutos após o fechamento dos portões.

De acordo com a SMTU, a determinação dada pela Prefeitura de Manaus às empresas do transporte público inclui a operação de linhas que, normalmente, não circulam aos sábados e domingos, como a 416, 036, 318, 580, 206, 616, 125, 641, 610, 401, 460 e 449.

Ainda segundo a SMTU, veículos articulados também serão colocados em linhas que, normalmente, circulam com ônibus convencionais nos finais de semana para atender locais de prova com grande demanda. O planejamento operacional feito pela superintendência levou em consideração os locais de prova que terão maior concentração de candidatos e as linhas que passam pelos terminais de integração.

“Fizemos uma avaliação e procuramos reforçar os pontos onde houve maior demanda de passageiros nos anos anteriores. A operação de linhas que passam pelos terminais de integração será acompanhada”, explicou o superintendente da SMTU, Thiago Balbi.

Os candidatos sabatistas – que guardam o sábado por motivos religiosos – devem chegar nos mesmos horários dos demais e serão acomodados em salas separadas até as 19h, quando podem iniciar a prova.

No primeiro dia de prova, os candidatos terão 4h30 para responder a 90 questões das áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

No segundo dia, serão 5h30 para as provas de Redação, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. No total, 8.627.195 pessoas se inscreveram para o exame, em todo o País.

Ontem, a um dia da realização do Enem, mais de 1,5 milhão dos 8,6 milhões de inscritos ainda não tinham se informado sobre onde farão as provas exame. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 7.089.655 tinham acessado o cartão de confirmação de inscrição até a manhã de sexta-feira (04).

O local de prova está no Cartão de Confirmação de Inscrição, que pode ser acessado pela Página do Participante ou pelo aplicativo Enem 2016. A verificação é de responsabilidade dos inscritos, mas o Inep informou que envia SMS e e-mail para quem ainda não o acessou.

 

Privados de liberdade

As provas do Enem 2016 foram adiadas para as 54.347 pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa inscritos. As provas para esses candidatos serão aplicadas nos dias 13 e 14 de dezembro. Inicialmente, o exame estava marcado para 6 e 7 de dezembro. A mudança está em edital publicado na edição de ontem do Diário Oficial da União (DOU).

Com a ocupação de escolas por estudantes, este ano os candidatos farão as provas do Enem em três datas diferentes. A maioria fará o exame hoje e amanhã. O Enem foi adiado para os dias 3 e 4 de dezembro para aqueles que iriam às provas em locais ocupados. O último balanço divulgado pelo Ministério da Educação indica que cerca de 190 mil candidatos farão as provas nessa data. Em seguida, será a vez dos privados de liberdade.

De acordo com o Inep, a data do Enem para privados de liberdade foi adiada por motivo de logística.

A nota do Enem pode ser usada pelas pessoas privadas de liberdade para participar de seleção para vagas no Ensino Superior e certificação do Ensino Médio, para aqueles com mais de 18 anos.