Presidiário do semiaberto é morto a tiros em frente ao Cigs, em Manaus

No bairro São Jorge, Joubert José Sampaio Xisto voltava de um arraial com os amigos quando foi surpreendido pelos suspeitos

O corpo foi removido por agentes do Instituto Médico Legal (Foto: Arquivo D24am)

Manaus – Um homem morreu, na noite deste domingo (9), após ser atingido por quatro tiros na Avenida São Jorge, em frente ao Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), bairro São Jorge, zona oeste de Manaus. As informações são da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Joubert José Sampaio Xisto, 21, morreu quando voltava, com os amigos, de um arraial, por volta das 21h30, em uma rua próxima ao local do crime. Os suspeitos saíram do carro e pediram para os amigos de Joubert correrem e efetuaram os disparos, que atingiram as costas e o braço esquerdo da vítima.

Familiares informaram à polícia que Joubert já era ameaçado por homens armados há duas semanas. Ele cumpriu pena de dois anos por roubo e cumpria pena do regime semiaberto há cinco meses.

O homem morreu no local e o corpo foi removido por agentes do Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela DEHS.