Sindicato dos Rodoviário promete que não haverá greve até março de 2019

Durante audiência no MPT, nesta quinta-feira (13), o Sindicato dos Rodoviários disse que possível greve está cancelada até março do ano que vem

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Em audiência realizada na manhã desta quinta-feira (13), na sede da Procuradoria Regional do Trabalho da 11ª Região (MPT/PRT11), sob a presidência do procurador do Trabalho, Jorsinei Dourado do Nascimento, aconteceu o arquivamento dos autos da mediação entre o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM).

No início da audiência, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir de Oliveira Silva, informou que a Prefeitura de Manaus irá adotar medidas no sentido de reequilibrar as contas do sistema até março de 2019, o que permitirá a retomada das negociações.

Em relação ao plano de saúde, as partes continuarão conversando diretamente sobre o tema de modo a evitar a suspensão dos benefícios aos trabalhadores e seus dependentes. Quanto às férias dos trabalhadores da empresa Global, o sindicato vai conversar com os representantes da empresa. No que se refere ao 13º salário, há uma sinalização para pagamento até o dia 20 de dezembro.

Por fim, ao ser indagado acerca do cancelamento da greve anunciada para o dia 7 deste mês e suspensa até a presente audiência, Givancir Silva, declarou que diante das providências informadas, está cancelando a greve até pelo menos março de 2019.

A reunião aconteceu sob a presidência do procurador do Trabalho, Jorsinei Dourado do Nascimento (Foto: Divulgação)