Água limpa fica mais difícil de conseguir com aumento da poluição

Da Redação/redacao@diarioam.com.br

Manaus – Segundo o Relatório das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento de Água 2015, a retirada excessiva de água e os modelos arcaicos de uso de recursos naturais e de governança têm regulação deficiente e acontecem sem controle adequado. Os lençóis freáticos estão minguando, a estimativa é que cerca de 20% dos aquíferos do mundo inteiro são superexplorados. O desmatamento e a poluição estão entre os fatores que ameaçam a capacidade do meio ambiente de fornecer água limpa.

De olho nos tunados 1

O Ministério Público do Amazonas mantém medidas judiciais e extrajudiciais contra donos de carros  tunados que se reúnem em frente a Igreja São Francisco de Assis, em Manaus.

De olho nos tunados 2

De acordo com as denúncias, eles promovem festas ao ar livre com intensa poluição sonora, causando incômodo e perturbação à vizinhança.

Terra indígena 1

O Ministério da Justiça e Segurança Pública definiu, ontem, os limites da Terra Indígena Jurubaxi-Téa, de 1,2 milhão de hectares, em Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro.

Terra indígena 2

A portaria prevê a declaração de posse permanente dos povos indígenas Arapaso, Baniwa, Baré, Desana, Nadöb, Kuripaco, Pira-Tapuya, Tariana, Tikuna e Tukano.

Recurso negado

O Tribunal de Contas da União negou recurso da empresa Comdasp e do Sesi e manteve irregular o contrato  de limpeza e manutenção predial no Clube do Trabalhador, no bairro Aleixo, em Manaus.

Cobrança irregular

O Ministério Público do Estado investiga denúncia de obrigatoriedade na aquisição de materiais didáticos e fardamento para alunos do Colégio da Polícia Militar VII, Professora Eliana de Freitas, em Manaus.

Posse de juízes

Os primeiros aprovados no concurso público para o cargo juiz substituto de carreira do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) tomam posse nesta terça-feira, em solenidade especial.

Inspeção nas prisões

O governo federal lançou  chamamento público para selecionar organização da sociedade civil para o aperfeiçoamento de metodologias de inspeção em unidades prisionais.

Estabilidade na balança

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal vota, amanhã,  projeto que autoriza a demissão de servidor público estável por insuficiência de desempenho, que pode mudar as relações de trabalho estatal.