Coluna ‘Claro & Escuro’: BNDES instaura comissão interna após delações da Odebrecht

Confira as notas da Coluna Claro & Escuro, desta segunda-feira, 17 de abril, do Diário do Amazonas

Da Redação / portal@d24am.com

Manaus  – A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) decidiu instaurar uma Comissão de Apuração Interna para apurar fatos que constam de petições de investigação do relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, com base nas delações da Odebrecht. As citações que serão investigada se referem à suposta participação de Luiz Eduardo Melin de Carvalho e Silva e de Álvaro Luiz Vereda Oliveira no processo de aprovação, pelo banco, de financiamentos à exportação de bens e serviços de engenharia.

Venda da Cigás sem ágio pode dar prejuízo ao Estado

O governo do Estado está atualizando o valor dos ativos da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), após criar uma  Comissão Estadual  de Desestatização. Dentro de dois meses, o valor deve ser levado ao mercado para a privatização.  A última tentativa de vender a empresa foi em  2011. Se o primeiro teste de privatizar  naquele  ano de expansão da economia fracassou, com o interesse de apenas um consórcio, o atual cenário não é favorável, o que poderá resultar em novas perdas para o Estado. Esses prejuízos não são novos. Na gestão do então governador Amazonino Mendes, o Estado fez a primeira venda de ações da concessionária responsável por distribuir o gás natural de Urucu fornecido pela Petrobras. Na ocasião, o  Estado ficou com 51% das  ações, que foram vendidas sem ágio, o que significa que não houve concorrência, pois a holding CS Participações foi a única a participar, do grupo baiano OAS. O grupo possui tem 83% das ações preferenciais e 49% das ações ordinárias da concessionária.

Sem licitação 1

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) notificou o responsável legal da empresa Campos e Campos e Representação Ltda., a apresentar, em 30 dias, documentação relativa à dispensa de licitação que atendeu às necessidades Prefeitura de Iranduba em serviços de pavimentação, recuperação e manutenção viária com asfalto no valor de R$ 1,5 milhão.

Sem licitação 2

Em Manacapuru, a Prefeitura dispensou licitação para contratar a empresa Rio Solimões Navegação e Transportes Ltda. ao custo de R$ 675 mil para fornecer serviços de transporte escolar, terrestre e fluvial.

Internos

Até março, o Estado mantinha 88 adolescentes na Unidade de Internação Provisória, segundo dados da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), sendo 83 do sexo masculino e cinco do sexo feminino. Em março do ano passado, eram 79 adolescente na unidade, sendo 72 masculinos e sete feminino.

Prorrogado

A Prefeitura de Itacoatiara decidiu estender por  30 dias o contrato com a empresa Lopes e Lopes Construções Ltda. para serviços de recuperação de ruas naquele município. O valor global do contrato é de R$ 1,36 milhão.

Aeroclube

O deslocamento do Aeroclube de Manaus para uma área fora da zona urbana é tema de uma audiência pública que será realizada, hoje, na Assembleia Legislativa do Estado.

Rapidez

As lideranças do governo Michel Temer esperam contar com a base aliada para votar o relatório na comissão da reforma da Previdência até o dia 28 de abril e votar a proposta no plenário da Câmara na primeira ou segunda semana de maio.

Placar

O presidente da comissão, deputado Carlos Marun (PMDB-MS),  arrisca um placar superior a 350 votos favoráveis à medida – são necessários, pelo menos, 308 para a aprovação. Já o placar segue com 275 votos contra e 101 a favor da reforma.

FHC nega ter feito articulação para barrar Lava Jato

“Não participei e não participo de qualquer articulação com o presidente Temer e com o ex-presidente Lula para estancar ou amortecer os efeitos das investigações da operação Lava Jato”, disse o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Guerra das teles volta com ação sobre prejuízos

Quase uma década depois de encerrada uma das maiores guerras societárias, o banqueiro Daniel Dantas quer reabrir a disputa. Entrou com ação bilionária  na Justiça de Nova York contra o Citibank, um dos seus ex-sócios na Brasil Telecom.

Mais info

63 alvos da alvos da operação Carne Fraca foram indiciados pela Polícia Federal  por crimes de corrupção, concussão, prevaricação, formação de organização criminosa e crime contra a saúde pública.

500 bilhões de reais deverão ser a redução do déficit da Previdência durante dez anos, após as alterações na proposta original do governo, segundo o presidente Michel Temer. No fim de março, Temer cedeu a pressões  e autorizou mudanças no texto.

Comentários via Facebook