Coluna ‘Claro & Escuro’: Mais deputados federais significa mais estaduais?

Confira as notas da Coluna Claro & Escuro, desta segunda-feira, 10 de abril, do DIÁRIO DO AMAZONAS

Da Redação / portal@d24am.com

Manaus – Aprovado o aumento no número de deputados federais, de oito para dez, no Amazonas – o projeto já foi encaminhado ao Sendo – o mundo político-partidário no Estado começou a discutir se a decisão aumenta, também,automaticamente, o número de deputados estaduais. A discussão parece que esquentou de vez quando se percebeu que a medida, à época imposta (interpretada) pela justiça, levaria a algo maior que “simplesmente” reorganizar deputados federais por Estado. Acontece que o total de deputados estaduais em cada unidade federativa é definido de acordo com o volume de deputados federais.  A polêmica criada pela justiça há alguns poucos anos era mais intensa. A despeito da mágica divisora de agora, trazida pelo relatório do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), a pergunta que fica é: a cada nova revisão prometida pelo projeto que tramita no Congresso os totais de estaduais serão revistos? Tem muitos candidatos e partidos torcendo para que a resposta seja afirmativa.

 

Projeto de Zona Franca no espírito santo é apresentado no senado


Foto: EBC
A senadora Rose de Freitas (PMDB) apresentou, na semana passada,  projetos de lei  para criar a Zona Franca do Espírito Santo (PLS 90/17), com o objetivo de fomentar a economia capixaba por meio dos produtos de exportação e importação, “semelhante à Zona Franca de Manaus (ZFM)”.  O projeto propõe a criação de uma área de livre comércio de importação e exportação e de incentivos fiscais especiais em terras capixabas.

 

Contrato milionário

A secretaria de Estado de Educação fechou contrato de R$ 51 milhões com a Construtora Brilhante para manutenção de escolas, na capital e no interior, por um ano.

 

Barulho no high society 1

Continua fazendo barulho no meio político e na high society amazonense o depoimento do médico e empresário Mouhamad Moustafa  ao Ministério Público Estadual.

 

Barulho no high society 2

Denunciado por tráfico de drogas, o ‘líder’ do esquema de desvio de dinheiro da Saúde do Estado disse que era para consumo próprio.

 

Desafio na floresta 1

No Fórum de Secretários de Meio Ambiente da Amazônia Legal, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, reconheceu que o desmatamento é o seu maior desafio.

 

Desafio na floresta 2

Os secretários reivindicaram a Sarney um programa de conservação do meio ambiente, estratégico para conciliar desenvolvimento com proteção ambiental.

 

Máquinas abandonadas

O Ministério Público Federal investiga irregularidades em convênio do Incra com o município do Careiro Castanho (AM), com denúncia de que as máquinas doadas para obras no município estão em péssimo estado de conservação.

 

Bombeiros no Teatro

A Secretaria de Estado de Cultura publicou contrato de R$ 534 mil com a empresa Cardoso Indústria,  Comércio e Serviços, para garantir  bombeiro civil no Teatro Amazonas, por um ano, no programa de combate a incêndios.

 

Tortura denunciada 1

Denúncia da ONG Conectas Direitos Humanos, feita à Organização das Nações Unidas, diz que todos os atores envolvidos no sistema prisional brasileiro  agem para perpetuar a tortura.

 

Tortura denunciada 2

Este ano, o Brasil lembra os 20 anos da  Lei de Regulamentação dos Crimes de Tortura que diz: é  crime  constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe sofrimento físico ou mental  com o fim de obter informação.

 

Dilma Rousseff se preocupa com prisão de Lula

A ex-presidente Dilma Rousseff disse temer que seu antecessor e padrinho político, Luiz Inácio Lula da Silva, seja preso antes da disputa presidencial de 2018, o que, em sua opinião, representaria uma mudança ilegítima nas regras das eleições.

 

Secretário da CNBB critica  reforma

Reformas como a trabalhista e a previdenciária, nos moldes propostos pelo governo do presidente Michel Temer (PDMB), podem até atender aos apelos do mercado, mas deixam de fora interesses básicos do cidadão, disse o secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner.