Em ‘casa’, Vasco quer espantar a má fase após duas derrotas

Da Agência Estado

Manaus – Após duas derrotas consecutivas e a perda da liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, pela primeira vez, o Vasco enfrenta o Londrina, neste sábado (08), às 17h30 (de Manaus), na Arena da Amazônia, em Manaus. Em um ‘momento delicado’, como o próprio técnico Jorginho definiu, o time cruz-maltino entra em campo pressionado para voltar a vencer nesta 30ª rodada e ter um fim de temporada menos turbulento.

Com 51 pontos, um a menos que o líder Atlético Goianiense, o Vasco perdeu a primeira posição do campeonato, pela primeira vez, e começa a ver outros adversários encostarem. Um deles é o Londrina, quarto colocado com 48 pontos e em ascensão na competição, depois de três vitórias consecutivas.

Com mais de um ano no cargo, Jorginho vive a pior fase no comando vascaíno. Após ter emplacado uma sequência invicta de 34 jogos, o time caiu de rendimento, foi eliminado nas oitavas de final do Copa do Brasil pelo Santos e tem feito atuações ruins. Os resultados também caíram. No segundo turno, o time tem somente a 12ª melhor campanha, com apenas três vitórias, nos 10 jogos que disputou.

Antes de sofrer as duas derrotas seguidas, o treinador havia traçado como meta ter aproveitamento máximo, nos cinco jogos, para confirmar o acesso e encaminhar o título da Série B. Porém, com o rendimento baixo, o alerta foi ligado, com forte pressão em cima do treinador.

Para o jogo, o Vasco não poderá contar com o lateral-esquerdo Julio Cesar, suspenso. Alan será titular. Desfalque por suspensão na derrota para o Paysandu, o meia Nenê retorna ao time.

Quem também está confirmado, apesar da falha, no último jogo, contra o Paysandu, em Belém, é o goleiro Martín Silva. O goleiro disse que, apesar de jogar fora de São Januário, que o Vasco se sente em casa, em Manaus. “Jogar aqui é sempre bom. A torcida sempre nos apoiou bastante nas vezes que estivemos aqui e nós conseguimos corresponder com bons resultados. Esperamos que seja assim, novamente. Contamos com o apoio do público para dar uma virada nessa má fase que estamos atravessando”, disse o goleiro uruguaio.

No Londrina, o atacante Keirrison deve ficar no banco de reservas. Em busca do contra-ataque, o técnico Cláudio Tencati disse que a preferência é por Alisson Safira ao lado de Jô.