Em Manaus, comércio deve abrir 2,5 mil vagas este mês

Laís Motta


Manaus – A contratação de 2,5 mil pessoas para trabalharem no comércio durante as vendas natalinas deve começar no próximo dia 15, segundo informações do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), Ralph Assayag. As contratações estão atrasadas neste ano.

As vagas oferecidas são para vendedor, fiscal de loja, operador de caixa e subgerente. As oportunidades são para lojas do Centro, bairros de Manaus e shoppings, assim como para restaurantes e supermercados.

Para funções como vendedor e operador de caixa, é pedido que os candidatos tenham Ensino Médio, experiência na área, informática e conhecimento em atendimento. Os salários iniciam em R$ 900. Em outros cargos de maior responsabilidade dentro das lojas, como os de subgerente, os salários podem variar de R$ 2,5 a R$ 3 mil.

“Como tem muita gente na rua, disponível para contratação, tentamos exigir o máximo nessas contratações. Quem tiver um algo a mais será contratado”, afirmou Ralph Assayag.

Os currículos devem ser levados nas lojas. Também é preciso fazer cadastro nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine), assim como no site da CDL Manaus.

“Nós estamos tentando 2.500 vagas para o final do ano. As lojas ainda não iniciaram, estão um pouco atrasadas pela situação econômica, de só contratar durante a necessidade mesmo. Até agora só iniciaram aquelas contratações para o lugar dos demitidos”, disse Assayag. O comércio já demitiu 16,9 mil trabalhadores, sem justa causa, até setembro, no Amazonas, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Em anos de melhor desempenho da economia, as contratações para o Natal iniciavam em outubro, para que os novos funcionários fossem treinados. Atualmente, os trabalhadores só são contratados para atuarem durante o aumento das vendas.

Segundo Assayag, os trabalhadores serão contratados entre 15 de novembro e 15 de dezembro.