Manaus terá 14 feriados em dias úteis no próximo ano

Beatriz Gomes


Manaus – No próximo ano, Manaus terá 14 feriados nacionais, estaduais e municipais durante os dias úteis. Se contabilizados os dias que devem ser imprensados, as folgas durante a semana podem chegar a 22 dias, em 2017.

A quantidade de feriados em 2016, é maior, serão 15 até o fim do ano, porém, a possibilidade de emendar as folgas com o fim de semana será mais fácil no próximo ano.

Dos 11 feriados nacionais, dez caem em dias úteis e quatro em dias que podem ser emendados ao fim de semana. É o caso de Corpus Christi, celebrado em 15 de junho, 7 de setembro e 12 de outubro, todos numa quinta-feira.

Setembro deve garantir a muitos trabalhadores uma folga de uma semana com o feriado estadual do dia 5 caindo na terça-feira, e favorecendo o enforcamento da segunda, da quarta e da sexta-feira com o feriado da Independência (7) sendo na quinta.

Além de 5 de setembro, os outros dois feriados estaduais, também, caem durante os dias úteis, como o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, na segunda-feira e, no dia 8 de dezembro, sexta-feira, feriado estadual e municipal, por conta da padroeira Nossa Senhora da Conceição.

Outra data festiva que deve dar folga a muitos trabalhadores de Manaus é a celebração de Manaus à categoria de Província, comemorado em 24 de outubro, segunda-feira.

Os feriados imprensados são uma preocupação para o comércio, segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), Ralph Assayag.

“Os feriados em meio a pontos facultativos atrapalham as vendas, principalmente, em um momento que o Brasil precisa de produção, o governo deve repensar e colocar datas fixas, modificar os dias durante a semana para evitar essa situação de perder tanto tempo com os feriados”, disse.

Segundo Assayag, as perdas maiores para o comércio são em feriados que caem na sexta-feira. “Quando o feriado é na quarta-feira, o comércio perde 50% das vendas, quando é em uma segunda, as lojas fecham e acabamos perdendo 70%, mas quando o feriado é na sexta é pior porque todo mundo viaja”, explicou.