Campanha do Banco Central na Olimpíada faz alerta sobre notas falsas de real

Os torcedores que vêm de fora do País para acompanhar os Jogos Olímpicos Rio 2016 já estão recebendo orientação do Banco Central (BC para saber diferenciar cédulas e moedas verdadeiras de Real das falsas. Desde julho, países de todo o mundo são alvo da campanha ‘Segurança nas Notas’, criada pela agência nova/sb para o Banco Central. A intenção da autoridade monetária é colaborar para minimizar os riscos de os visitantes serem vítimas de golpe aqui no País e no exterior.

A ação aconteceu, primeiro, nos principais sites brasileiros de compra de viagens, passagens e hotéis. Agora, durante a realização das Olimpíadas, a divulgação da campanha ganhará ênfase através das redes sociais. Aliás, um dos principais recursos disponíveis é o aplicativo do Banco Central, chamado ‘Dinheiro Brasileiro’, que disponibiliza a consulta aos itens de segurança que compõem as cédulas de real.

Nas telas digitais de aeroportos, hotéis e táxis, as peças também estarão presentes – locais estratégicos de circulação do público. A autoridade monetária espera que a informação ajude a reduzir números de casos de turistas com problemas com notas falsas de real. De acordo com o BC, a campanha fica no ar até o fim do mês da Olimpíada.