Com estimativa de 10 mil pessoas, Feirão da Casa Própria termina neste domingo

Manaus – Com a expectativa de receber 10 mil visitantes, o Feirão Caixa da Casa Própria termina hoje, no Clube do Trabalhador do Serviço Social da Indústria (Sesi),  na Avenida Cosme Ferreira, zona leste. O evento, que este ano conta com 2 mil imóveis à venda tem estimativa de movimentar R$ 130 milhões em operações de crédito, de acordo com o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Mario Tonon.

O consumidor que levar CPF, identidade e comprovante de residência e renda já pode sair do feirão com um contrato de compra de imóvel, de acordo com o superintendente da Caixa. A tendência é que, com a dificuldade de crédito atual, as incorporadoras e construtoras ofereçam preços promocionais e boas condições de pagamento.

A Caixa está direcionando os recursos prioritariamente para o financiamento de habitação popular do Programa Minha Casa Minha Vida e das demais operações com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), cujo teto é de R$ 225 mil.

Os imóveis  colocados à venda pelas construtoras e incorporadoras têm valores entre R$ 150 mil e R$ 800 mil. São disponibilizados imóveis na planta, prontos e unidades retomadas pela Caixa. Estas últimas já tiveram um dono, mas o mesmo não conseguiu pagar as prestações do financiamento, sendo o bem retomado pelo banco financiador. Nestes casos, os imóveis já estão regularizados juridicamente, mas é responsabilidade do comprador arcar com custas judiciais para que aquela unidade seja desocupada.

As linhas de financiamento têm prazo de pagamento de até 30 anos e os juros podem variar, dentro do Sistema Financeiro Habitacional (SFH), de 5% ao ano (a.a.) até 12% a.a., para todas as modalidades. Haverá a oportunidade de financiar o valor integral do imóvel.