Custo da cesta básica tem queda de 1,81 % em julho, aponta Dieese

Oito produtos apresentaram queda e quatro tiveram alta no mês analisado, influenciando o custo total

Asafe Augusto/ redacao@diarioam.com.br

Em julho de 2017, houve predominância de queda nos preços do tomate, arroz, óleo de soja, banana, entre outros (Foto: Reinaldo Okita)

Manaus – O custo da cesta básica de Manaus, no mês de julho, diminuiu em relação ao mês anterior, ficando em R$ 361,44, de acordo com pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgada nesta sexta-feira (4).

Oito produtos apresentaram queda e quatro tiveram alta no mês analisado, influenciando o custo total da mesma, que ficou 1,81 % mais barata no mês.

Em julho de 2017, houve predominância de queda nos preços do tomate, arroz, óleo de soja, banana, entre outros. Por outro lado, houve aumento da manteiga do feijão e do leite o que influenciou na diminuição do custo da Cesta em Manaus.

O tomate (-7,79%), foi o produto que apresentou maior queda no mês seguido do arroz (-7,44%), do óleo de soja (-5,34%), da banana (-5,25%), do açúcar (-3,05%), da carne (-1,74%), da farinha (-1,60%)e do pão (-1,51%).

A manteiga (14,21%) foi o produto que apresentou maior alta no mês seguido do feijão (4,57%), do leite (2,45%) e do café (0,63%).

Com a diminuição do valor da cesta, Manaus passou a ocupar a 23° colocação no ranking das cestas básicas mais baratas, dentre as 27 capitais onde é realizada a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, no mês anterior ocupava a 21º colocação.

O Dieese informou que no mês anterior o conjunto de itens alimentícios essenciais custava R$ 368,09. Em julho de 2016 a cesta básica custou R$ 404,22 e a variação acumulada nos últimos doze meses ficou em -10,58%.

Ainda de acordo com a pesquisa, o custo da cesta básica para o sustento de uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças, sendo que estas consomem o equivalente a um adulto) foi de R$ 1.084,32

durante o mês de julho de 2017. Esse valor equivale a aproximadamente 1,16 vezes o salário mínimo bruto, fixado pelo governo federal em R$ 937,00. No mês anterior, o custo da cesta básica para esta mesma família era maior e foi de R$ 1.104,27, 1,18 vezes o salário mínimo bruto.