Encerra, segunda-feira, as inscrições para o concurso da Marinha

As 18 vagas oferecidas, 12 para intendentes e seis para capelães, são para quem possui curso Superior

Da Redação/Redacao@diarioam.com.br

Serviço Há vagas na Marinha do Brasil para quem possui curso Superior em Contabilidade, Administração, Economia ou Teologia. Foto:Divulgação

Manaus – Encerra, na próxima segunda-feira (19), o período de inscrições para o quadro complementar de intendentes e quadro de capelães navais da Marinha do Brasil. As 18 vagas oferecidas, 12 para intendentes e seis para capelães, são para quem possui curso Superior em Contabilidade, Administração, Economia ou Teologia. Os salários variam de R$ 9,5 mil a R$ 10,5 mil.

Para o cargo de intendentes são oferecidas 12 vagas e é preciso ser brasileiro nato, de ambos os sexos, ter curso Superior na área pretendida e ter menos de 29 anos no dia 1º de janeiro de 2018.

Já para o de capelães, poderão se inscrever candidatos de ambos os sexos com mais de 30 e menos de 41 anos de idade. Para concorrer a uma das seis vagas é preciso ainda ter exercido três anos, pelo menos, de atividades pastorais.

As inscrições para os dois concursos podem ser feitas no site da Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM – https://www.marinha.mil.br/ensino) ou em uma das Organizações Militares da Marinha.

Aqueles que forem classificados em todas as etapas do processo passarão por um Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na Ilha das Enxadas, no Rio de Janeiro, com duração de 39 semanas.

Após a aprovação no CFO, no final de 2018, os militares do quadro complementar ocuparão o posto de segundo-tenente, com remuneração de cerca de R$ 9,5 mil. Já os capelães sairão do curso no posto de primeiro-tenente, com remuneração de cerca de R$ 10,5 mil.

Exército brasileiro

A partir da próxima terça-feira (20), abre o período de inscrição Comando Militar do Nordeste para o processo seletivo visando a contratação de servidor civil para o cargo de engenheiro civil, do 1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro.

A seleção é destinada a atender aos encargos temporários de obras e serviços de engenharia, executados pelas unidades que integram o sistema de Engenharia do Exército.

De acordo com o Exército, podem se inscrever profissionais graduados em Engenharia Civil, inscritos no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e com experiência comprovada de, no mínimo, cinco anos em atividades de elaboração de projeto executivo.

O salário oferecido é de R$ 8.640. O cadastro para uma das vagas deve ser feito através do site do 1º Grupamento de Engenharia (www.1gec.eb.mil.br).

Entre as etapas de seleção há prova de conhecimento específico, entrevista e as contratações devem ser feitas dia 24 de agosto.