Jovem Empreendedor capacita 400 pessoas para o primeiro negócio

Manaus é a segunda cidade brasileira onde o projeto é implementado e a meta é atender 1 mil jovens

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi um dos palestrantes da aula inaugural da segunda fase do projeto ‘Jovem Empreendedor’, realizada, nesta sexta-feira (8), no auditório Isabel Victoria do Carmo Ribeiro, na sede da Prefeitura, Compensa, zona oeste. A partir da próxima segunda-feira (11), quatrocentas pessoas participam do curso de Iniciação ao Empreendedorismo, aprendendo noções, conceitos, estratégias e atributos sobre o tema.

“Eu sei que muitos anseiam ter seu primeiro negócio para empreender e também gerar empregos. Queremos formar os jovens para concretizarem seus sonhos de se tornarem empresários de sucesso”, disse o prefeito. O evento também foi prestigiado pela primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

O Jovem Empreendedor conta com a gestão da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), em parceria com a Associação de Jovens Empresários do Amazonas (AJE-AM). Na primeira etapa, mais de 1,5 mil pessoas se inscreverem para participar do projeto.

O prefeito Arthur Neto e a primeira-dama, Elizabeth Ribeiro, participaram da aula inaugural da segunda fase (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

Na terceira fase, os selecionados participarão do curso de Gestão da Primeira Empresa. A quarta etapa é a facilitação para contratação de crédito da primeira empresa. Já a quinta é a própria criação da empresa, sendo a sexta fase o ‘Clube da Primeira Empresa’, onde será realizado o acompanhamento e a troca de experiências.

A jovem Mírian Melre, de 17 anos, é moradora do município de Iranduba. Ela estava na plateia da aula inaugural e disse que dentro da família já existe esse incentivo de empreender.

“Minha mãe recebeu a notícia de que haveria esse curso e resolvemos que eu iria participar. Muitos jovens têm o interesse em empreender e só precisam de um ‘empurrão’ como esse”, disse a futura empreendedora.

As aulas serão diárias e serão realizadas no auditório da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), na Avenida Professor Nilton Lins, bloco D, Parque das Laranjeiras, zona centro-sul. As aulas serão de segunda a quinta-feira, das 18h às 22h, e aos sábados, das 8h às 17h.

Idealizador do projeto, ex-secretário de Juventude, hoje ouvidor municipal, Rodrigo Guedes, falou sobre a importância do Jovem Empreendedor. “Estamos implantando a cultura do empreendedorismo na cidade de Manaus. Muitos querem e não sabem por onde começar. Esse curso vai trazer as noções necessárias para que os jovens possam alcançar o sucesso com sua primeira empresa”, explicou.

Manaus é a segunda cidade brasileira onde o projeto Jovem Empreendedor é implementado e tem como meta atender até 1 mil empreendedores no 1º ciclo.