Moto Honda, Yamaha e Senai levam o ouro no Prêmio Ser Humano

Premiação da ABRH homenageia as melhores práticas relacionadas às pessoas no trabalho

Manaus – Os vencedores do Prêmio Ser Humano, organizado pela Associação de Recursos Humanos (ABRH) – Seccional Amazonas, foram anunciados durante a Cerimônia de Premiação, que aconteceu nesta terça-feira (12), no Salão Nobre do Studio 5 Centro de Convenções, zona sul de Manaus. A lista de classificação, com as nove empresas finalistas, já estava disponível desde o final de novembro.

ABRH anuncia vencedoras do Prêmio Ser Humano (Foto: Divulgação/ABRH)

Essa edição do Prêmio contou com três modalidades, sendo Gestão de Pessoas – Administração, Gestão de Pessoas – Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Sustentabilidade. Para cada modalidade, as empresas foram premiadas em três categorias: ouro, prata e bronze, conforme as avaliações recebidas pelos projetos inscritos.

A vencedora da categoria ouro na modalidade Gestão de Pessoas – Administração, foi a Moto Honda da Amazônia Ltda, que venceu com o projeto ‘Centro de Treinamento Vivencial de Segurança (DOJO)’. Já na categoria prata, a Brasil Norte Bebidas, venceu com o projeto ‘A influência do programa Segurança no ato na redução de acidentes de trabalho na empresa Grupo Simões’, e o bronze desta categoria foi para a OCS Distribuidora de Produtos Hospitalares Eireli, que submeteu o projeto ‘A contribuição dos manuais de processos e procedimentos na melhoria da Comunicação e na gestão de conflitos’.

Na modalidade Gestão de Pessoas – Desenvolvimento a vencedora na categoria ouro foi a Yamaha Motor da Amazônia Ltda, com o projeto ‘Gincana permanente de Segurança’, a prata ficou com a Salcomp Industrial Eletrônica da Amazônia Ltda, com o projeto ‘Reconhecer’ e o bronze foi para o Laboratório Sabin de Análises Clínicas Ltda, que apresentou o projeto ‘Humanizar – O Jeito Sabin de Liderar’.

E para finalizar, na modalidade Gestão de Pessoas – Sustentabilidade, o primeiro lugar correspondente ao ouro ficou com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai e seu projeto ‘Programa Senai de Ações Inclusivas – PSAI’. Já na categoria prata, a colocação ficou para o Grupo Alemã Restaurantes Ltda, em virtude do projeto ‘Dia V – V de VHIDA’ e o bronze foi entregue ao Abrigo do Marinheiro – Marinha, que inscreveu o projeto ‘Voluntárias Cisne Branco, um exército de solidariedade e cidadania’.