No Amazonas usuários de telefonia móvel anulam 422,6 mil linhas em 12 meses

Em fevereiro do ano passado, o Amazonas possuía 3,73 milhões de linhas ativas, número que caiu para 3,3, em fevereiro de 2017

Da Redação / portal@d24am.com

Foto: AFP

Manaus – Os usuários de telefonia móvel do Amazonas cancelaram 422,6 mil linhas de telefones celulares nos 12 meses, uma redução de 7,05%. Os dados foram divulgados, nesta terça-feira (11), pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No Brasil foram canceladas 15,1 milhões de linhas.

Em fevereiro do ano passado, o Amazonas possuía 3,73 milhões de linhas ativas, número que caiu para 3,3, em fevereiro de 2017. Só em fevereiro foram canceladas 7,1 mil registros, segundo a agência reguladora.

No País, dos quatro maiores grupos, a Vivo apresentou uma pequena elevação de 654,20 mil (+0,89%). TIM, Claro e Oi registraram queda de 5,19 milhões (- 7,71%), 5,22 milhões (-7,98%) e 5,76 milhões (-12,05%).

Nas tecnologias, nos últimos 12 meses, o 4G (LTE) apresentou crescimento de 36,34 milhões 120.08%. No mesmo período, as linhas M2M (linhas de dados voltadas para aplicações máquina- máquina) apresentaram crescimento de 1,58 milhão (+13,45%). Todas as outras tecnologias utilizadas na telefonia móvel apresentaram redução.

Segundo a Anatel, nos últimos 12 meses, todos os Estados apresentaram queda na telefonia móvel, liderados por Alagoas, com redução de 11,33% e Rio Grande do Norte, com 11,30%.