Senai AM oferecerá cursos da Indústria 4.0 a partir de agosto

Cursos são básicos e integram um conteúdo único oferecido em sequência, que vai dos conceitos de indústria avançada e internet das coisas às ferramentas e tendências do 'big data'

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Senai Amazonas está com matrículas abertas para os três primeiros cursos de qualificação profissional voltados para as novas tecnologias da Indústria 4.0. Conforme o Senai, os cursos são básicos e integram um conteúdo único oferecido em sequência, que vai dos conceitos de indústria avançada e internet das coisas às ferramentas e tendências do ‘big data’. As aulas começam em agosto.

Senai Amazonas vai passar a oferecer cursos da Indústria 4.0 a partir de agosto (Foto: Divulgação)

De acordo com o gerente da Escola Senai Antonio Simões, professor José Nabir, Indústria 4.0 é como vem sendo chamada a 4ª Revolução Industrial, evolução que se conta desde a invenção das máquinas a vapor, no século 18, passando pela introdução da siderurgia, da indústria petroquímica e dos conceitos de produção em massa, até o momento em que a indústria atinge o pico da produção seriada e padronizada, na segunda metade do século passado, a partir do uso da eletrônica, robótica e das telecomunicações, o que configurou a 3ª Revolução Industrial.

“As novas tecnologias, a partir da automação avançada e manufatura aditiva (impressão em 3D), vão transformar os negócios e o mercado de trabalho”, disse. Ele citou recente pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostrando um crescimento de 10% do número de grandes indústrias brasileiras que já utilizam tecnologias digitais. Do total de 632 empresas ouvidas, 48% pretendem investir em recursos da Indústria 4.0.

Conforme o Senai, a Indústria 4.0 vai mudar por completo a grade de cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, a começar pelos três cursos oferecidos pela instituição, entre os meses de agosto e setembro, com apenas 16 vagas cada. As aulas começam no dia 6 de agosto, na Escola Senai Antônio Simões, na Avenida Rodrigo Otávio, no Distrito Industrial.

Cursos

O primeiro curso a ser ofertado, ‘Conectando a Indústria Avançada’, será realizado de 6 a 17 de agosto, das 13h30 às 17h30, e é pré-requisito para os outros dois: ‘Programação Móvel para Internet das Coisas (IoT, da sigla em inglês para Internet of Things)’, que será ministrado de 20 de agosto a 19 de setembro, e ‘Explorando o Big Data’, cujas aulas ocorrerão de 10 a 28 de setembro.

O aluno deve ter o ensino médio completo e o curso de informática básica.

Entender os conceitos da Indústria Avançada e simular a inserção de inteligência e conectividade no processo de fabricação de um produto fazem parte do conteúdo do primeiro curso. Para isso, o Senai vai usar como base plataformas gratuitas ou open source (software de código aberto), como SCADABr, Arduino, IDE, aplicativos Android, e open hardware (Arduino), a partir da elaboração de sistemas autônomos desenvolvidos em minioficinas de produção.

O conteúdo da ‘Programação Móvel para IoT’ passa pela compreensão da informação digital, no conceito de Internet das Coisas. O aluno vai conhecer as principais ferramentas, protocolos de comunicação, linguagens de programação e dispositivos eletroeletrônicos utilizados em projetos da área.

Com o terceiro curso da série, Explorando o Big Data, o aluno vai compreender o que é e a importância que tem o ‘Big Data’ para as empresas, conhecer as ferramentas e tendências dessa prática.

Outras informações sobre os cursos podem ser obtidas pelos telefones 3182-9975 ou 3182-9963 ou pelo e-mail corem.esas@am.senai.br

Detalhes dos três cursos

Conectando a Indústria Avançada
De 06 a 17/08/2018, de 13h30 às 17h30
40 horas

Programação Móvel para IoT
De 20/08 a 19/09/2018, de 13h30 às 17h30
80 horas

Explorando o Big Data
De 10 a 28/09/2018, de 13h30 às 17h30
60 horas