Sindifisco-AM aguarda encontro para apresentar medidas para melhorar arrecadação

Manaus – O Sindicato dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas (Sindifisco-AM) aguarda uma reunião com o governador José Melo para apresentar, com mais detalhes, medidas tributárias que possam melhorar o desempenho de arrecadação do Estado. A informação foi dada pelo presidente do Sindifisco-AM, o auditor fiscal Ricardo Castro, durante lançamento do Boletim Econômico-Tributário da instituição, nesta terça-feira.

“Nós chegamos a conversar com o governador, nós pontuamos alguns aspectos desse plano. Estamos no aguardo da agenda do governador que ficou de remarcar uma reunião conosco pra gente detalhar isso. Já houve uma primeira abordagem, ainda não em profundidade, mas já foi apresentada alguma coisa no sentido de que se possa buscar melhorias da receita”, disse Castro.

O plano apresenta mudanças na concessão de benefícios fiscais dados a empresas no Amazonas, como no caso das que operam no Polo Industrial de Manaus (PIM). O plano também traz medidas no sistema de tributação das mercadorias que entram e saem do Estado, como as bebidas alcoólicas.

O boletim, que tem informações da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), traz dados estatísticos sobre o desempenho da receita tributária do Amazonas, especialmente do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os dados são apresentados em conjunto com a performance da economia amazonense, com destaque para o PIM.

Segundo o boletim, a indústria amazonense recolheu R$ 1,509 bilhão em ICMS no primeiro semestre de 2016, volume 10,02% menor que o mesmo período do ano passado.