Anonymous Brasil diz que invadiu sites do governo e prefeitura do Rio em protesto

Rio de Janeiro – O grupo de hackers Anonymous Brasil informou nesta terça-feira (9), por redes sociais, que invadiu e roubou dados de seis sites do governo e da Prefeitura do Rio de Janeiro como protesto contra a realização da Olimpíada. Na página dos hackers, é possível acessar supostos bancos de dados criptografados.

A IplanRio, que administra os recursos de tecnologia da tnformação da Prefeitura, disse que nenhum dado foi suprimido da base de dados e que técnicos estão trabalhando para normalizar os sites o mais rápido possível.

Em publicação no facebook, grupo afirma que a imprensa “vende a ilusão que toda a cidade comemora e festeja a recepção de turistas de todos os cantos do planeta, muitos deles atraídos pelas redes de prostituição e drogas a preço de banana”, diz.

E ainda que “essa falsa felicidade esconde o sangue derramado no subúrbio da cidade, principalmente nas favelas, graças às incontáveis incursões policiais e militares sob pretexto de uma guerra mentirosa”.

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj) informou que o domínio rj.gov.br está sofrendo intenso ataque de hackers e que alguns sites foram retirados do ar por precaução. “A autarquia trabalha em caráter emergencial para normalizar o acesso às páginas o mais rápido possível.

As páginas fora do ar são: Ouvidoria da Polícia do Governo do Estado do Rio de Janeiro, o Portal Geo, do Instituto de Segurança Pública, da Companhia Municial de Limpeza Urbana, Programa Internet Comunitária, Polícia Civil, entre outras.

Fonte: Agência Brasil