Após Rio-2016, Complexo de Deodoro recebe campeonato da Canoagem Slalom

Estadão Conteúdo / Diário do Amazonas


Rio de Janeiro – O Complexo Esportivo de Deodoro vai receber o campeonato Pan-americano e Sul-americano da Canoagem Slalom no próximo fim de semana. Será o primeiro evento no local após a Olimpíada do Rio. A iniciativa pretende dar início ao legado dos Jogos e abrir espaço para a modalidade na América do Sul.

Serão mais de 50 atletas de sete países diferentes em Deodoro, para as competições de K1, C1 e C2 Masculino e K1 e C1 Feminino nas categorias Júnior e Sênior. “Nossa intenção daqui em diante é transformar o complexo de Deodoro num grande local de prática e descobrimento de novos talentos no esporte. Esse é apenas o primeiro passo para o Canal Rio ser um dos principais na prática da Canoagem Slalom em todo mundo”, explica João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem.

Na disputa, os brasileiros Pedro Henrique Gonçalves e Ana Sátila, são os favoritos na busca de medalhas para o país. O Brasil já soma 35 conquistas, nos campeonatos Pan-americanos e Sul-americanos.  Na briga por títulos também estão: Argentina, Chile, Costa Rica, México, Paraguai e Venezuela.