Confronto entre PMs e suspeitos acaba em jovem de 20 anos morta e uma adolescente, baleada

Carla Albuquerque – DEZ Minutos / portal@d24am.com


Manaus – Rejane Cardoso da Silva, 20, foi morta, após o companheiro dela e outras duas pessoas, entre elas, uma menina de 13 anos, terem entrado em confronto com policiais da 23ª Companhia Interativa Comunitária (23ª Cicom), na madrugada desta quita-feira (17), no Parque 10, zona centro-sul de Manaus. Conforme do delegado do 23º Distrito Integrado de Polícia (23º DIP), Demetrius Queiroz, o grupo estava em um Honda Civic cinza roubado e fugiram durante a abordagem da polícia. Após o confronto, os PMs encontraram no carro porções de cocaína, maconha e uma arma de brinquedo.

A ocorrência foi registrada por volta das 3h30. Conforme o delegado,  o Honda Civic tinha placa clonada. Os policiais desconfiaram dos ocupantes e após tentativa de abordagem, os suspeitos tentaram fugir. A polícia saiu em perseguição e no trajeto os suspeitos passaram a atirar contra os PMs.

Na Avenida Presidente Castelo Branco, no Parque 10, o carro foi interceptado. Houve confronto.  “Eles tentaram fugir e saíram de ré e bateram contra a viatura da polícia.  Os polícias tiveram que revidar e, durante o tiroteio, a mulher foi atingida”, disse o delegado.

Rejane morreu no local. O marido dela, Max Amaral de Lima, 29, foi atingido com um tiro nas costas, a adolescente de 13 anos foi baleada com um tiro na mão. O único que não ficou ferido foi David Victor Pessoa Rodrigues, 22.

Max esta no pronto-socorro 28 de Agosto junto com a menor. Davi foi levado ao 23º Dip. De acordo com o delegado, os suspeitos vão ser autuados pelos crimes de tráfico de droga, receptação,  corrupção de menor e adulteração de sinal identificador de veículo.