Em 30 dias, Amazonas perde 791 assinantes de TV paga

Laís Motta / Redacao@diarioam.com.br

Manaus – Em apenas 30 dias, o Amazonas perdeu 791 assinantes de TV paga, considerando o mês de novembro. Os dados são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e mostram retração do mercado de TV por assinatura em todo o País.

Em novembro, o número de contratos de TV por assinatura chegou a 318,02 mil no Amazonas. O resultado é 0,24% menor em relação a outubro, quando havia 318,81 mil assinantes, no Estado. Em números reais, o Amazonas perdeu 791 assinaturas em apenas um mês, com uma média de 26 cancelamentos de contratos por dia.

A redução no Amazonas acompanhou o que ocorreu em toda Região Norte. Houve quedas acentuadas, entre novembro e outubro passados, no Pará (-1.761), em Tocantins (-332), em Rondônia (-425) e no Amapá (-253). Em Roraima, a redução foi pequena, de apenas 23 contratos. Já no Acre houve acréscimo de 88 contratos.

Em relação a novembro de 2015, o desempenho do mercado de TV paga retraiu levemente em 0,06%. Naquele período, o Amazonas tinha 318,22 mil assinantes. Foram cancelados 204 contratos.

No restante da Região Norte, houve retrações maiores, como em Rondônia, onde caiu em 5,5 mil o número de assinaturas entre novembro de 2015 e de 2016. No Amapá, houve perda de 2,06 mil assinantes e no Acre de 1,6 mil.

Brasil

Em todo o País, houve a perda de 95,99 mil assinaturas de TV paga, entre novembro e outubro de 2016, retração de 0,51%, segundo a Anatel. A quantidade de assinantes no País chegou a 18,87 milhões.

Em relação a novembro de 2015, a redução foi de 352,62 mil assinaturas. A queda em um ano foi de 1,83%. Nos últimos 12 meses, considerando novembro, as maiores reduções foram registradas nos estados de Pernambuco (-8,9%), Rondônia (-7,99%) e Amapá (-7,96%). Já as principais evoluções foram registradas no Piauí (6,4%), em Sergipe (6,04%) e no Pará (2,06%).