Em bate-papo, jogadores do Fast montam ‘seleção’ ideal do Estadual e se incluem

Thiago Fernando /Diário do Amazonas


Manaus – No último final de semana, o Fast botou fim ao jejum de título estadual que já durava 45 anos, quando venceu por 3 a 1 o Princesa do Solimões na final do Campeonato Amazonense. Além da conquista, o Tricolor ainda saiu da competição com os prêmios de melhor goleiro, concedido a Edmar Sucuri, de atleta revelação, dado a Guigui, e melhor jogador, que premiou Ronan.

No embalo das escolhas dos melhores em cada posição, o DIÁRIO conversou com jogadores que disputaram o Estadual. Eles montaram a ‘seleção’ ideal do Campeonato Amazonense de 2016.

 

Tricolor elege colegas de time

Bicampeão estadual, o lateral-esquerdo do Fast, André Luiz, utilizou a base campeã do Tricolor para montar a seleção dele. Além disso, o jogador que tem passagens por Nacional e São Raimundo escolheu o atacante Ronan como revelação do Amazonense.

Jogando no 4-4-2, o time ideal dele ficou assim: Edmar Sucuri (Fast), Andrezinho (Fast), Thiago Brandão (Fast), Danilo (Princesa do Solimões) e André Luiz (Fast); Roberto Dinamite (Fast), Amaral (Princesa do Solimões), Peninha (Fast) e Robinho (Fast); Jefferson (Princesa do Solimões) e Cassiano (Fast). Técnico: João Carlos Cavalo (Fast).

 

Ofensividade

Capitão do vice-campeão do Estadual, o Princesa do Solimões, o volante Denis preferiu montar um time mais ofensivo. O atleta, que no ano passado foi campeão pelo Nacional, escalou a seleção no 4-3-3 e surpreendeu ao escolher o treinador do Rio Negro, Aderbal Lana, como o melhor da competição. Para Denis, o craque do campeonato foi o atacante Jefferson, que terminou o Estadual como artilheiro, com nove gols.

O volante escolheu: Edmar Sucuri, João Rodrigo (Princesa), Thiago Spice (Fast), Martony (Manaus FC) e Guilherme (Princesa); Adonias (Princesa), Peninha e Robinho; Jefferson, Charles (Fast) e Branco (Rio Negro). Técnico: Aderbal Lana.

Aos 33 anos, o lateral Rodrigo Ítalo viveu uma nova experiência, neste ano. Ao aceitar o convite feito pelo técnico Aderbal Lana para ajudar o Rio Negro, o jogador foi utilizado no meio-campo e jogou com a camisa. Feliz com o quarto lugar no campeonato, Rodrigo, que já jogou por Nacional, Fast e Penarol, também escolheu o 4-3-3 para montar o ‘time ideal’: Pablo (Rio Negro), João Rodrigo, Thiago Brandão, Thiago Spice e André Luiz; Hércules (Nacional), Michel Parintins (Princesa) e Robinho; Charles, Jefferson e Ronan (Fast). Técnico: Aderbal Lana.

Zagueiro-artilheiro, Martony foi um dos principais jogadores do Manaus FC no Estadual. Experiente, o atleta se colocou na seleção da competição e ainda escalou outro jogador do Gavião do Norte entre os 11 melhores do Estadual: Edmar Sucuri, Átila (Manaus FC), Thiago Brandão, Martony e Alex Cazumba (Nacional); Amaral, Thompson (Princesa), Robinho e Charles (Nacional); Charles e Jefferson. Técnico: João Carlos Cavalo.

Principal jogador do São Raimundo no campeonato, o centroavante Americano também utilizou o 4-3-3, se escalou e colocou os três artilheiros do Estadual no ataque da seleção dele: Edmar Sucuri, João Rodrigo, Diego Gaúcho (São Raimundo), Thiago Brandão e Guilherme; Hércules, Roberto Dinamite e Willian Kramer (São Raimundo); Americano, Charles e Jefferson. Técnico: João Carlos Cavalo.