Escritor de 11 anos vai lançar seu segundo livro na Academia Amazonense de Letras

Kamilla Vieiralves / portal@d24am.com


Manaus – No próximo sábado (10), a Academia Amazonense de Letras vai ser palco do início da carreira de um novo escritor. Pelo menos é isso que pretende o pequeno João Santoro Farias, de 11 anos, que vai lançar o livro intitulado ‘A Bruxa que Tentou Destruir o Natal’ e escrito em parceria com a tia, a Dra. Terezinha Lima Silva.

O livro conta a história de uma bruxa com um plano ousado: destruir o Natal. Para isso, ela resolve enganar aquele que é símbolo da data, o Papai Noel. “Ela rouba os presentes do Papai Noel e coloca no lugar um kit de poção mágica. Assim, quando as crianças tocam nele, elas são transformadas”, adianta João.

A parceria é ‘antiga’ – ou o mais antiga possível para alguém tão jovem – e, de acordo com João, trouxe para o trabalho um elemento novo. “Eu comecei a escrever com ela quando tinha 8 anos e, nesse livro, tem algumas partes musicais, como a música ‘Sopa de Dedinhos’, que era uma canção de ninar que ela cantava para mim quando eu tinha 3 anos”, relembra o autor.

Passeio pelo mundo da fantasia

Apesar da pouca idade, a incursão pelo mundo da literatura não é novidade para João que, no ano passado, lançou seu primeiro trabalho, – também coescrito com a tia – intitulado ‘O Elfo e o Mistério da Música Desaparecida’. Apostando no mundo da fantasia, o livro apresentava ao leitores o Elfo, o líder João e a detetive Holmes, que, juntos, desvendam o mistério do sumiço da música dourada numa aventura pela floresta.

Segundo João, a obra foi tão divertida de escrever, que o estimulou a, dessa vez, seguir com um tema especial. “Eu comecei a escrever aos 6 anos e já tinha feito um livro, mas tinha que fazer, agora, um especial de Natal”, conta.

Agora, ele se prepara para o evento de lançamento do livro ‘A Bruxa que Tentou Destruir o Natal’, que acontece no próximo sábado, 10, a partir das 10h, na Academia Amazonense de Letras, localizada na Avenida Ramos Ferreira, 1001, Centro.