Fiscalização do Ipaam descobre crimes ambientais dentro da reserva sustentável

Com informações de assessoria/ Diário do Amazonas


Manaus – O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) realizou entre os dias 17 a 21 de outubro de 2016, em conjunto com o Batalhão de Policiamento Ambiental, a operação de fiscalização “Maíra 5”, nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, com objetivo de atender denúncias, coibir a prática de desmatamentos e queimadas. A fiscalização resultou na aplicação de R$ 188.240,00 em multas a diversas propriedades rurais por crimes ambientais.

A fiscalização e monitoramento ocorreram na abrangência da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, localizada nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, com acesso pelas rodovias AM-070, AM-352 e ramais adjacentes.

A equipe composta por oito integrantes, constituída por analistas ambientais do IPAAM e policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental, apurou as denúncias, resultando na adoção dos seguintes procedimentos administrativos: lavratura de 7 (sete) Autos de Infração, 3 Termos de Apreensão/Depósito, 2 Termos de Embargo/Interdição e 1 Notificação, totalizando o valor de R$ 188.240,00 (cento e oitenta e oito mil e duzentos e quarenta reais) em multas, na apreensão de 1 pá carregadeira e 85,8 st de lenha, além do embargo de duas atividades.