Homem é presos suspeito de participar de morte de empresário

Manaus – Edson Moreira de Souza, o ‘Negão Oitão’, 19, suspeito de participar da morte do empresário  Petterson de Carvalho Horta Campos, 37, assassinado em maio deste ano, foi preso, na última terça-feira (5). As informações são de investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Conforme os policias, Edson já estava com mandado de prisão expedido desde maio e foi cumprido, na última terça-feira, após o suspeito ter se apresentado na DEHS. Além dele, outras três pessoas já foram presas pela morte do empresário, assassinado durante um assalto, no Lírio do Vale.

Na manhã de hoje (6), Edson foi levado para a cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da justiça junto com Fabrício Alves Damasceno, de 19 anos, Adriana Peres Ventura e Joiscilene Godinho Chaves.

Sobre o caso

De acordo com a Polícia Civil, no dia 17 de maio, por volta das 23h30, as suspeitas Adriana Peres Ventura, a Loirinha, Joicilene Godinho Chaves conheceram Petterson em um posto de gasolina, na Avenida Laguna, bairro Lírio do Vale, zona oeste.

A vítima, segundo a polícia, convidou as mulheres para entrar no carro dele. Segundo o delegado, as mulheres pediram que Petterson fosse até a Rua Aurora, no conjunto Cophasa, bairro Nova Esperança, zona oeste.

No local, ‘Cegueta’ e Edson Moreira de Souza, o ‘Negão Oitão’, que estavam a espera da vítima, anunciaram o assalto e mataram o empresário com um tiro no tórax.