No AM, 304,4 mil trabalhadores têm direito ao saque do abono do PIS/Pasep

Laís Motta /Diário do Amazonas


Manaus – No Amazonas, cerca de 304,4 mil trabalhadores  têm direito ao pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor (Pasep) de 2016, ano-base 2015, que começou a ser pago em julho. O volume total do benefício no Amazonas chega a R$ 238 milhões, informou o Ministério do Trabalho e Emprego.

No pagamento do abono salarial ano-base 2015, que se estenderá a junho de 2017, o valor do abono é proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base. Têm direito a 100% do benefício (um salário mínimo, atualmente de R$ 880) apenas aqueles que trabalharam 12 meses em 2015. Quem trabalhou apenas um mês terá direito a 1/12 do salário mínimo, totalizando, atualmente, R$ 73,33, e assim sucessivamente.

Segundo o Ministério do Trabalho, 50% do total dos trabalhadores identificados com direito ao abono, no Amazonas, receberão o valor integral do salário mínimo.

No ano-base 2014, que tem pagamento no exercício 2015/2016, 311,4 mil de empregados foram identificados com direito de sacar o benefício no Estado, com um volume total de R$ 239,3 milhões.

Já no ano-base 2015, foram identificados 304,4 mil trabalhadores, com valor total a ser pago de R$ 238 milhões. Até setembro, 69,5 mil trabalhadores receberam o benefício no Amazonas.

Têm direito ao abono ano-base 2015 quem trabalhou com carteira assinada por, pelo menos, um mês no ano passado e teve remuneração média de até dois salários mínimos. O trabalhador deve estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos e o empregador precisa ter informado seus dados corretamente na Relação Anual de Informação Social (Rais).

Como receber

Os trabalhadores vinculados ao Programa de Integração Social (PIS) poderão receber o abono salarial nas agências e postos alternativos da Caixa Econômica Federal, como as casas lotéricas. Para sacar o valor em agência ou loteria, é preciso apresentar o número do PIS e um documento de identificação. Quem tem o cartão do cidadão pode sacar o valor no caixa eletrônico.

Já os trabalhadores vinculados ao Pasep podem sacar o valor em qualquer agência do Banco do Brasil, apresentando um documento de identificação. O valor também é depositado em conta.