Professora Martha Falcão morre aos 87 anos, em Manaus

Da Redação /Diário do Amazonas


Manaus – A professora Martha Aguiar Falcão morreu na manhã desta quinta-feira (8), aos 87 anos, após uma parada cardíaca. Segundo o neto da professora, Nelson Falcão, Martha morreu às 7h30. Ela estava internada há dez dias eum hospital para tratar uma pneumonia.

O Governo do Amazonas, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe/AM) e Faculdade Devry/Martha Falcão lamentaram a morte da profesora. Em nota de pesar, a Faculdade Martha Falcão destacou que a professora ficou conhecida como a “grande mestra da Amazônia”.

Histórico 

A professora Martha Falcão tinha mais de 50 anos de magistério, dos quais dedicou a todos os níveis de ensino, do básico ao superior. Graduada em Serviço Social e Química, pela Escola de Serviço Social de Manaus e pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras, Martha também era mestre em Botânica pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), além de fundadora do Colégio e Faculdade Martha Falcão.

Velório

Martha Falcão será velada a partir das 13h de hoje no salão nobre do Instituto de Educação do Amazonas (IEA), no Centro de Manaus, onde lecionou por  e também dirigiu a instituição. O sepultamento ocorrerá às 16h no Cemitério São João Batista, na Avenida Boulevard Álvaro Maia.