Projetos para produção de óculos de sol e lâmpadas LED travam novas empresas no PIM

Manaus – Dois projetos de Processo Produtivo Básico (PPB) para produção de óculos de sol e lâmpadas de LED aguardam análise dos técnicos do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) e estão travando a implantação de empresas em Manaus. Há uma lista de empresas na ‘lista de espera’ aguardando a liberação de PPB para a produção lâmpadas LED, informou o superintendente em exercício da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Marcelo Pereira.

A produção de óculos de sol em Manaus poderia gerar mais de 2 mil empregos. Segundo Marcelo Pereira, há indústria no Polo Industrial de Manaus (PIM) que fabricam lentes de óculos, gerando mais de mil empregos. “Se tivermos essa especificidade, nós podemos dobrar a mão de obra em termos do que já existe”, afirmou disse Marcelo Pereira, durante entrevista coletiva, na 274ª Reunião  Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), nesta sexta-feira (15).

Não há produção de óculos de sol no Brasil, segundo Marcelo Pereira. O Brasil importa, anualmente, 40 milhões de óculos. Informações repassadas à Suframa, pelas empresas que têm interesse em fabricar óculos em Manaus, é de produzir 4 milhões de unidades  por ano.

A produção de lâmpadas de LED é outra que está emperrada por falta de PPB. “Temos uma lista de empresa na lista de espera. Não dá pra precisar quantas porque os projetos entram todo dia, é dinâmica essa entrada de projeto. Mas os projetos estão represados porque não tem PPB”, disse Marcelo Pereira.

Segundo o superintendente em exercício, os projetos para implantação de empresas que fabricam luminárias de lâmpadas de LED não estão sendo reprovados, mas estão aguardando aprovação do PPB, na expectativa de liberação no Mdic. A classe empresarial esteve, inclusive, reuniada com o ministro do Mdic, Marcos Pereira, pleiteando esse pedido.

O governador do Amazonas, José Melo, que também esteve na reunião do CAS, citou o interesse do mercado externo na produção de lâmpadas em Manaus. “A maior produtora de lâmpada LED do mundo, que é chinesa, esteve reunida conosco e quer vir aqui para a Zona Franca de Manaus para produzir aqui”, disse Melo, destacando que também há análises de PPB para tablet.

O ministro Marcos Pereira disse que recebeu a informação sobre os PPBs de lâmpada LED e óculos de sol a caminho de Manaus. “Recebi essa informação hoje, na aeronave, através da assessoria técnica, e eu vou imediatamente determinar que se verifique o status em que está o processo para que a gente possa dar celeridade”, afirmou Marcos Pereira.

O ministro também informou que vai tentar agilizar a análise e liberação dos PPBs. “Entendo que nós precisamos acelerar realmente. Nós não podemos ficar travando ou burocratizando as coisas”, disse