Retorno da feirinha para Avenida Eduardo Ribeiro é discutido na Câmara Municipal

Com informações de agências /Diário do Amazonas


Manaus – Um grupo de permissionários da Associação Feira de Artesanato do Estado do Amazonas (Afapa) esteve, na manhã desta quarta-feira (21), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), para falar do retorno da feirinha da Avenida Eduardo Ribeiro (Centro) a partir do próximo domingo (25).

A feirinha, que retorna após nove meses desde que foi interditada para reforma pelo Executivo Municipal, foi destacada pelo representante dos permissionários, Wigson Azevedo. Ele ressaltou a importância da decisão da prefeitura e a atuação da Câmara Municipal de Manaus nesse processo para o retorno da feira, há 17 anos funcionando no local.

Wigson também falou do empenho da Secretaria Municipal de Abastecimento (Sempab), na legalização dos permissionários junto à prefeitura e garantir o retorno das 350 trabalhadores à Eduardo Ribeiro, assim como a Empresa Amazonense de Turismo (Amazonastur) quanto à possibilidade de ajudar para a padronização por parte dos permissionários.

Segundo Wigson Azevedo, na Eduardo Ribeiro são oito setores, divididos por áreas (decoração, peças indígenas, bijuteria, acessórios). De acordo com ele, também, a Associação é formada por três etnias e agora oito municípios compõem junto com a entidade.

O presidente da Casa Legislativa, vereador Wilker Barreto (PHS), destacou que a Câmara faz o seu papel em mediar os problemas e que o Poder Legislativo Municipal abre várias discussões de diversos segmentos e poder exercer seu papel preponderante de mediar os problemas da população com a prefeitura.

Para Mário Frota (PHS), era uma satisfação poder receber os artesãos na Casa e ressaltar o empenho deles na luta para o retorno da feirinha que já é tradicional no local e se tornou um ponto turístico para as famílias manauaras e visitantes aos domingos.

Waldemir José (PT) disse que a feira tem papel importante para a cidade e não só para os visitantes e turistas, uma vez que é uma alternativa de ocupação de espaço da população manauara para lanchar e ter um momento de alegria, pois ela já é tradicional.

Líder do Governo Municipal, Elias Emanuel (PSDB) afirmou que o prefeito fez justiça com os ambulantes e artesãos. Ele ressaltou o fato dos ambulantes da feirinha não desistirem da luta até conseguirem novamente bons dias de domingo na Eduardo Ribeiro.