TRE-AM inicia envio de urnas para o interior do estado

Manaus – O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) começou a enviar, na quarta-feira (17), as urnas eletrônicas para o interior do Amazonas e o trabalho deve prosseguir até setembro, informou o chefe da Seção de Urnas Eletrônicas do TRE, técnico judiciário Edrei Fabrício de Souza.
“A maior parte já estará nos municípios até o final de agosto porque todos os dias sairão daqui cerca de 300 urnas para o interior do Estado e até a primeira semana de setembro ainda estaremos distribuindo para o restante dos interiores, mas serão bem poucas”, disse Sousa.

Segundo o chefe da Seção de Urnas Eletrônicas, a distribuição das urnas começou pelas cidades polos, como Coari, Parintins e Tefé.

“O meio de transporte é misto, há o transporte aéreo, fluvial e por estrada também. Em cidades como Itacoatiara, é usada a estrada, mas, por exemplo, no caso de São Gabriel da Cachoeira, é utilizado helicóptero para mandar urnas em algumas comunidades”, afirmou Souza.

Em setembro, as últimas urnas a serem distribuídas serão para as seções eleitorais em Manaus.

Até a terça-feira (16), o TRE-AM estava realizando testes nas urnas que serão deslocadas para o interior. “Como a urna fica um tempo sem uso, então, às vezes, com nossa umidade, ela pode oxidar e eu não posso mandar uma urna assim para uma comunidade rural sem confirmar que ela esteja funcionando, então, a  gente faz uma verificação geral para saber se a tela está funcionando, se a bateria não descarregou”, afirmou.

Para a eleição deste ano, o tribunal já recebeu 2.209 novas urnas do modelo 2015 que serão inteiramente utilizadas nas seções eleitorais de Manaus.  “Para o eleitor, este novo modelo não traz nenhuma novidade, mas elas vêm com capacidade de armazenamento maior que os modelos anteriores. Para o TSE, sai muito mais barato comprar novas urnas do que adaptar as urnas antigas”, explicou.

Em todo o Estado, serão utilizadas por volta de 7.300 urnas eletrônicas, incluindo as reservas para atender as 6.900 seções eleitorais em todo o Estado.