Vasco visita Paysandu antes de chegar ao Amazonas

Com informações de agências /Diário do Amazonas


Belém – O técnico Jorginho disse que o futuro do Vasco no restante da temporada passa por cinco jogos. Como perdeu o primeiro – para o Náutico, no último sábado -, o time terá que se recuperar, hoje, às 20h30, contra o Paysandu, no Estádio Mangueirão, em Belém. Irregular no segundo turno, o time carioca precisa vencer, nesta 29ª rodada, para seguir líder na Série B do Campeonato Brasileiro.

Por causa da derrota, em Pernambuco, a diferença do Vasco para o Atlético Goianiense, o segundo colocado, é de apenas dois pontos (51 a 49). O Paysandu, que chegou a ostentar uma invencibilidade de 13 jogos e passou a sonhar com o acesso à Série A, caiu de rendimento e, agora, ocupa a 14ª posição, com 35 pontos.

O jogo contra o time paraense será o segundo de uma série de três confrontos que o Vasco fará longe do Rio. No próximo sábado, após ser visitante por duas oportunidades, a equipe carioca decidiu mandar o jogo contra o Londrina, na Arena Amazônia, em Manaus. Por isso, a equipe permanecerá na Região Norte, com retorno para casa somente após o duelo do fim de semana.

O Cruz-Maltino desembarca em Manaus, nesta quarta-feira, às 13h50. A partida na Arena da Amazônia será às 17h30. Na quinta e sexta-feira, 6 e 7, o Vasco treina na própria Arena, sempre às 10h. O clube ainda não informou se as atividades serão abertas à torcida.

Mudanças no meio de campo

Novamente pressionado para segurar a liderança, o Vasco não poderá contar, hoje, com o meia Nenê, principal jogador da equipe e vice-artilheiro da Série B, com 12 gols. O meia recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Náutico e desfalca o time, assim como o volante Douglas, que está com a Seleção Brasileira sub-20.

No meio de campo, Diguinho cumpriu suspensão e retorna ao time. A outra vaga deve ficar com Madson, que entra na lateral direita, enquanto que Yago Pikachu será deslocado para o meio de campo. Revelado pelo Paysandu, será a primeira vez que o lateral-direito enfrentará o ex-clube, já que no primeiro turno ele ficou no banco de reservas e não entrou em campo.

Com mais de 20 mil ingressos vendidos, até ontem, o Paysandu tenta aproveitar a força da torcida para vencer e voltar a sonhar com o acesso para a Série A. A expectativa é de 35 mil torcedores no estádio.

Os dois times vêm de derrota. Com Roniery e Fernando Lombardi suspensos, o técnico Dado Cavalcanti confirmou a entrada de Edson Ratinho na lateral direita e de Gualberto na defesa.

Ingressos para Manaus

Os ingressos para as arquibancadas (inferior e superior) estão disponíveis por R$ 60. Já as entradas para cadeira VIP custarão R$ 100. Os valores são referentes à meia-entrada e podem ser parcelados nos cartões de crédito.

Os ingressos estão à venda no site meubilhete.com, na Arena Amadeu Teixeira e nas lojas Shop do Pé Esporte (Amazonas Shopping, Manauara Shopping, Sumaúma, Grande Circular e Avenida Eduardo Ribeiro). O lugar no camarote custa R$ 100 e está disponível somente na Arena Amadeu Teixeira.

Além dos já beneficiários (estudantes, idosos e doadores de sangue), todos poderão comprar ingressos de meia-entrada. Para ter direito ao benefício, basta levar um quilo de alimento não perecível na hora da compra. Os alimentos arrecadados serão doados para instituições de caridade de Manaus.