‘Vim me acertar com você’, disse atirador a Ana Hickmann

“Ele veio determinado a me matar”, relatou a apresentadora Ana Hickmann em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, neste domingo, 22. Ela destacou ter se sentido “em um filme de terror”, desde que Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, entrou no quarto do hotel. “Eu vim me acertar com você, vagabunda”, teriam sido as primeiras palavras para ela.

“Ele ficava o tempo todo falando que eu não prestava, que eu era mentirosa, que eu havia correspondido o amor dele durante muito tempo pelas redes sociais e depois parei de falar com ele”, continuou Ana. No programa, ela afirmou que cuida pessoalmente das redes sociais e não havia tido nenhum contato mais próximo.

O Domingo Espetacular ainda registrou o depoimento do cabeleireiro Júlio Figueiredo, que estaria do lado de fora do quarto e gravou o que ocorria. “Você é uma mentira. Duvidou do amor que eu tinha”, mostrou uma das gravações do programa. A fala do agressor parece alterada e em alguns momentos indica confusão.

“O tempo todo pedia para a gente ficar de costas”, relatou a apresentadora, dizendo que o agressor sempre manteve a arma apontada para ela. Segundo Ana, ao se recusarem a virar de costas é que teriam ocorrido os tiros e a posterior reação que levou à morte de Pádua.