Açaí: o alimento da Amazônia que conquistou o Brasil

A fruta, que é oriunda da região amazônica, conquista o País e pode ser consumida de diversas maneiras. Nutricionista afirma que ela é uma ótima opção também para pré-treino

Bruno Mazieri / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Fruta comumente encontrada na Região Norte (Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Acre e Tocantins), o açaí conquistou o País. Prova disso, são as inúmeras lojas espalhadas por todo o Brasil que comercializam a fruta, seja ela congelada ou no seu estado de ‘suco’, por assim dizer. De acordo com a nutricionista Ana Margarida, o alimento é rico em antioxidantes, o que facilita a eliminação de toxinas do organismo.

“Muitas pessoas falam dos benefícios do goji berry, mas esquecem que o açaí é tão importante e potente quanto a outra fruta. É, sem dúvida, um superalimento, rico em nutrientes e que proporciona saciedade ao organismo. Além de ser de fácil consumo, ele é rico em ferro, fibras e complexo B”, salienta a profissional.

A nutricionista comenta, também, que a fruta é uma ótima opção para pré-treino. “Por se tratar de um alimento que proporciona uma saciedade e também possui muitas vitaminas, é ideal para quem pratica exercícios físicos. É claro que nesses casos, o açaí deve ser consumido na sua forma mais ‘in natura’, mas é uma boa opção para aqueles que treinam diariamente”, diz ela.

Segundo Frederico Junqueira, diretor comercial da Fast Açaí, empresa que possui mais de 150 unidades na América, o açaí se tornou uma mania nacional. “O público brasileiro é um assíduo consumidor da fruta. E justamente por esse consumo que ele passou a experimentá-lo de diversas maneiras. Dentre elas, com Nutella, chocolate e com outras frutas tipo o morango”, explica.

Junqueira conta, ainda, que acompanha a fruta desde o momento em que ela é colhida pelos ribeirinhos. “Atualmente, 90% do açaí comercializado pela nossa empresa é oriundo do Pará. Os outros 10% são produzidos em outros Estados do Norte. Fazemos três visitas anuais aos nossos fornecedores homologados para saber toda a procedência do fruto”, comenta.

Atualmente, a franquia proporciona ao consumidor mais de 30 tipos de adicionais, assim, o cliente pode aproveitar a fruta da maneira que ele quiser. “No Pará, por exemplo, ele é um complemento do café da manhã, do almoço e do jantar. Já no restante do País, ele é visto como algo separado, podendo ser comercializado batido ou em forma de ‘suco’”, destaca.

A Açaí Fast exporta também para os Estados Unidos, Europa e Ásia. “A fruta é conhecida como uma planta amazônica com propriedades naturais e saudáveis. Nosso açaí não contém conservantes e nem corantes, esse é o nosso grande diferencial. Já ficou comprovado que ela é uma fruta de propriedades extremamente interessantes”, finaliza Junqueira.