‘Ato II’: Banda Escândalo Fônico abre as cortinas e lança novo disco

Por Lennon Jorge


Manaus – Foram dois anos de desenvolvimento até que, no fim do mês passado, a Escândalo Fônico volta à cena com ‘Ato II’, seu segundo álbum. O novo trabalho da banda manauara traz dez músicas inéditas e já está disponível em plataformas de streaming — Deezer, iTunes, Soundcloud e OneRPM —, mas ganhará um evento especial de lançamento no próximo sábado, 9.

Responsável pelos teclados, Guedryan Rezende, que também ‘empresta’ sua voz às canções, revela que o disco é, efetivamente, um produto colaborativo com Eber Pirangy (voz e guitarra), Mário Sérgio (baixo e vocal de apoio), Marco Rezende (vocal e guitarra), Daniel Alencar (guitarra) e Fred Magalhães (bateria).

“Vimos que a criação do novo álbum estava mais orgânica, com composições de outros integrantes, diferente do primeiro, e tentamos expandir essa ideia, uma vez que teríamos um resultado mais diversificado, por conter ideias de mentes diferentes”, explica o músico.

Outro diferencial para o disco de estreia é que ‘Ato II’ explora temas diversos. “Vimos que a pegada do primeiro álbum era de romances bens ou mal-sucedidos, então tentamos explorar outra área. Decidimos, entre nós, que as letras deveriam ser qualquer coisa, exceto ‘corno music’. E, sem combinar muito, vimos que as composições iam chegando na vertente ‘pensamento positivo’, com energia para cima, narrando fatos do cotidiano de cada um”, afirma Guedryan.

Totalmente independente
Após uma campanha sem sucesso em uma plataforma de financiamento coletivo, a Escândalo Fônico resolveu direcionar todos os lucros de shows para o ‘filho’. “Pagamos as gravações, mixagem e masterização. Ainda fizemos uma reserva para prensagem e novas camisas, uma vez que queríamos ter material novo de venda junto com o álbum”, relembra o tecladista.

Segundo Guedryan, a versão física de ‘Ato II’ será artigo de colecionador, com cerca de 100 unidades. “O CD, hoje, é um souvenir, item de fã, pois, dificilmente, ele andará com ele por aí, mas terá na estante de casa e mostrará aos seus amigos e familiares”, justifica, ressaltando que a remessa servirá, basicamente, para atender ao show de lançamento. “Contudo, pela página da banda, provavelmente, iremos atender a pré-vendas ou encomendas, providenciando novos CDs sempre que requisitarem”, emenda.

A festa
Passado todo esse processo de criação, a Escândalo percebeu que a apresentação do segundo disco não poderia se resumir a um simples show ao vivo. “Queremos fazer um espetáculo musical, com caracterização de palco similar a da capa do CD, troca de figurino e instrumentos extras, bem como a execução de determinadas músicas em formato acústico, para demonstrar as melodias em outras formas”, adianta.