Daniel adianta que show em Manaus será um ‘passeio’ por sua trajetória

A apresentação acontecerá, nesta quinta-feira (22), no Ducila Festas & Convenções, a partir das 22h, com um repertório repleto de sucessos

Gabriel Machado / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Com show marcado para esta quinta-feira (22), no Ducila Festas & Convenções, a partir das 22h, o cantor Daniel conversou com a REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, onde falou sobre seus 30 anos de carreira, momentos que marcaram essas três décadas de trajetória musical e quais são seus planos para o futuro.

São 30 anos de carreira, como você analisa sua trajetória ate aqui? Ainda tem algum sonho a realizar?

Daniel – Sou muito grato e realizado por tudo que aconteceu nesses mais de 30 anos de carreira. Na verdade, foram momentos até que jamais sonhei. Mas somos movidos pelos sonhos, pela vontade de realizar coisas em nossa vida pessoal e profissional e, com certeza, ainda tenho sonhos a realizar. Um deles é gravar um DVD do projeto ‘Meu Reino Encantado’ para meio que fechar a trilogia dos três álbuns que lancei no início dos anos 2000.

Com relação a sua apresentação em Manaus, o que seus fãs podem esperar? De repertório e show.

Daniel – Esse show faz um passeio pela minha trajetória, com músicas que marcaram minha carreira com o João Paulo, além de canções de várias fases, inclusive do último álbum que lancei, ganhador do Grammy Latino, no ano passado.

Desde o início de sua carreira, o sertanejo passou por inúmeras fases e, agora, encontra-se na moda do sertanejo universitário. Como você vê esse estilo e essa nova safra de artistas sertanejos?

Daniel – Acho a renovação algo maravilhoso, só não sou de colocar rótulos. Uma nova roupagem nas musicas e novos artistas talentosos agregaram mais o público para o sertanejo. Isso é muito legal! Quem tem talento vai permanecer!

O cantor se apresenta nesta quinta-feira (22), em Manaus (Foto: Divulgação)

Recentemente, a ex-BBB Patrícia relatou uma história com você em um show. Foi tudo verdade? Rolou um clima?

Daniel – Eu vi que ela disse que subiu no palco para dançar, mas certamente foi em um momento do show em que sempre faço isso de convidar alguém da plateia. É um contato muito rápido, pergunto o nome da moça e agradeço por estar ali.

Em toda sua trajetória, você consegue eleger um momento mais marcante? Qual?

Daniel – Muito difícil eleger um momento só. Tive momentos maravilhosos que jamais vou esquecer, como quando ganhamos nosso primeiro Disco de Ouro e o mais marcante, porém trágico, que foi a perda do João Paulo.

O que você pode adiantar sobre seus novos projetos?

Daniel – Estamos planejando um novo álbum, talvez para segundo semestre e, no momento, estou focado nos meus shows pelo País.