Em Manaus, Sindicato dos Músicos realiza show “Entre Amigos” em prol de fundação

Tiago Melo / portal@d24am.com


Manaus – Com grandes nomes da música amazonense confirmados no ‘line up’ – Zezinho Corrêa, Júnior Rodrigues, Mirtes Melo, Jôci Carvalho, Nunes Filho e Cileno – o sindicato dos Músicos do Amazonas (Sindmam) realiza, no dia 28 de dezembro, a partir das 19h30, no Café Teatro (Avenida 7 de Setembro, Centro), sua última atividade cultural do ano: o show ‘Entre Amigos’.

De acordo com o presidente do sindicato, Josenor Rocha, o evento tem como a finalidade maior de agradecer as conquistas na área musical neste ano.“Tivemos muitas realizações. Mesmo com todas as dificuldades e a crise, muitos artistas conseguiram se superar lançando discos e fazendo shows”, comentou Josenor.

Segundo ele, ‘Entre Amigos’ também tem o intuito de solidarizar com a instituição que cuida de crianças portadoras de HIV: Fundação Casa Vhida. Para tanto, o ingresso cobrado será de apenas uma lata de leite Ninho.

“A época é propícia para confratenizarmos com a cidade através de muita música, de ajudar e de se doar. Muitas vezes, compramos e gastamos muito no Natal com nós mesmos e com a nossa família, e esquecemos daqueles que realmente precisam, como as crianças da Casa Vhida, que sem família e doentes, ficam à margem da sociedade”, afirmou Josenor.

Com um sindicato pequeno, o presidente afirma que “faz das tripas o coração” para levar ao público eventos como este. Para 2017, Josenor adianta que os planos é fazer, a cada três meses, um show nos moldes de ‘Entre Amigos’.

“Estes seis artistas desta primeira edição foram apenas alguns dos que se voluntariaram. Não podíamos usar todos de uma vez. Com 306 músicos associados no Sindmam, temos artistas para muitas edições por vir”, prometeu o organizador do evento.

Indo do pop ao brega, passando pela MPB, pelo boi e pelo reggae, ‘Entre Amigos’ levará ao palco do Café Teatro um show focado nas músicas autorais dos artistas – que deverão apresentar cerca de três músicas cada – e nos duetos inesperados, cuja surpresa ficará guardada até a hora do evento.

Ainda segundo o presidente do sindicato, 2017 promete ser um ano de grandes mudanças para a classe dos músicos. “Estamos criando uma rádio web com uma programação totalmente dedicada aos artistas amazonenses. Será uma rádio bem eclética, com um estilo diferente a cada duas horas, mas sempre com músicos da região”, concluiu ele.