Feira da Fas em ritmo de festa

A primeira edição do evento, em 2019, promete agitar o pré-carnaval de Manaus com shows, atividades variadas e diversão para todas as idades

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Em ritmo de folia, a primeira Feira da FAS de 2019 promete agitar o pré-carnaval de Manaus com shows, atividades variadas e diversão para todas as idades. O evento será realizado, no domingo (10), das 8h às 20h, na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10. A entrada é gratuita.

A feira tem a proposta de difundir a economia criativa, além de proporcionar um dia de cultura e lazer para os visitantes. Nesta edição, a programação musical terá início com o show do cantor e compositor Maycon Melo, que levará para o público uma mistura de influências e trabalhos autorais.

Maycon Melo levará para o público uma mistura de influências e trabalhos autorais (Foto: Divulgação)

Outro destaque é o grupo Pororoca Atômica, referência no cenário carnavalesco da capital. A atração, formada por artistas do Movimento Cultural Pirão-AM, fará uma apresentação animada e irreverente, com a reinterpretação de músicas populares de gêneros como ska, rock, reggae, soul, carimbó, cúmbia, guitarrada, lambada, baião, brega, pop tropical, marchinha e frevo, entre outros.

“Vamos antecipar a folia e trazer todo o clima de festa para esta edição da feira. Quem não quer esperar até o carnaval poderá curtir a alegria da época durante o evento”, ressaltou a coordenadora da Agenda Cidades Sustentáveis da FAS e uma das organizadoras do evento, Paula Gabriel.

Além da música, atividades como ioga, massoterapia chinesa, recreação para as crianças e espaço de jogos eletrônicos e de mesa, também, fazem parte da feira.

Na área dedicada à venda de produtos, o público terá acesso a mais de 60 expositores de gastronomia, artesanato, moda, design, decoração, jardinagem, artigos para pet e produtos naturais. “É um espaço onde a população tem a oportunidade de conhecer os talentos da região, trocar experiências e valorizar o trabalho desses empreendedores”, afirmou Paula.