Les Artistes Café é palco de diálogo entre ator e bailarino no espetáculo “Dúplice”

Uma mistura de dança e teatro físico movimenta o palco do Les Artistes Café Teatro, Centro, nesta sexta, 3, às 20h. O espetáculo de dança-teatro “Dúplice”,  está em circulação nacional pelo projeto “Sesc – Palco Giratório”.
Dirigida por Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz, a obra aborda uma mensagem sobre luta e duplicidade, trazendo um diálogo entre um ator e um bailarino comercializando uma “mercadoria”, a arte cênica. O espetáculo já circula há 8 anos pelo país.

O teatro físico é a interpretação do ator através do corpo seja em formas de sombras, móveis e fixas, com ou sem estrutura dramática. Está diretamente relacionado ao corpo do ator e ao espaço.

Segundo Rodrigo Cunha, diretor e ator na performance, outro recurso que compõe o espetáculo, além da dança e teatro o físico, é o beatbox. “O tempo todo trabalhamos com o beatbox, esse movimento da boca e com o movimento do corpo. Formando uma “corpografia”, a “corpografia cênica” que tem tudo a ver com a dança contemporânea”, explicou Rodrigo Cunha.

Rodrigo Cunha é formado em artes cênicas e Rodrigo Cruz é formado em Educação Física. A carreira dos dois diretores se entrelaçou há alguns anos e, desde então, utilizam seus conhecimentos para unir a dança às artes cênicas.

O Les Artistes Café Teatro, espaço administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), está localizado na Avenida sete de Setembro, 377, Centro.

SERVIÇO:

O QUÊ:  Espetáculo de dança-teatro “Dúplice”

QUANDO: 3 de junho, às 20h

ONDE:  Les Artistes Café Teatro

QUANTO: Gratuito

CONTATO: 92 994963576 – Simone

Comentários via Facebook